Data para o combate ao câncer de mama

Por Edimilson Migowski

Comemoramos, na segunda-feira (5 de fevereiro), o Dia Nacional da Mamografia. O objetivo da data é sensibilizar as pessoas sobre a importância do exame para detecção precoce do câncer de mama. A doença é a principal causa mundial de morte por câncer da população feminina, principalmente na faixa entre 39 e 79 anos. Cerca de 1,4 milhão de casos novos dessa neoplasia são esperados por ano em todo o mundo, o que representa 25% de todos os tipos de câncer. No Brasil, são estimados mais de 50 mil novos casos anualmente.

arte

Tipos de Mamografia                     

O Dr. Henrique Pasqualette, do CEPEM (Centro de Estudos e Pesquisas da Mulher) ressalta que a idade ideal para realizar a mamografia é a partir dos 40 anos, sendo repetida anualmente. Ainda segundo o Dr. Pasqualette, existem dois tipos de aparelhos de mamografia: a digital e a tomossíntese mamária. Ambos utilizam o raio-X para a produção da imagem. A diferença está no número de imagens obtidas. Na mamografia digital convencional obtemos duas incidências de cada mama, gerando duas imagens. Na tomossíntese mamária obtemos várias incidências, permitindo uma análise por imagem a cada 1 mm de tecido mamário, facilitando a detecção de anormalidades. Atualmente existem mamógrafos que permitem que a própria paciente module a pressão, diminuindo a dor e o desconforto.

Cuidados e dicas para a mulher                       

Evite agendar o exame antes da menstruação. Posicione-se de forma confortável. Avise ao técnico sobre alterações de pele, cirurgias mamárias anteriores, marca-passos, implantes, gestação ou suspeita de gravidez e não use desodorantes ou cosméticos na região da mama e axila, isso pode afetar o resultado. Siga o Instagram @fiquebemoficial e tenha um excelente Carnaval! Fique bem, cuide-se bem!

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo