Livro conta nova versão da morte de Tim Lopes

O jornalista Renato Homem lança em outubro, como coautor, um livro do traficante Marcinho VP, líder do Comando Vermelho e preso há 21 anos. Um capítulo à parte da publicação é a morte do jornalista Tim Lopes. Renato Homem conta ter conversado com um traficante que testemunhou o assassinato. Segundo esta versão, Tim Lopes foi executado com dezenas de tiros após ter sido descoberto filmando o tráfico na Vila Cruzeiro. Em nenhum momento, ele teria contado que era repórter investigativo. Diferentemente do que foi apurado pela polícia à época, a testemunha diz ainda que o corpo teria sido jogado no rio Faria Timbó e não queimado no chamado “micro-ondas” no alto do morro da Grota.

A registrar

O nome do livro é “Marcinho VP: Direito Penal do Inimigo”. É feito em primeira pessoa pelo traficante que está preso no Presídio Federal de Mossoró (RN). Num dos trechos, Marcinho relata os três maiores gastos do tráfico: “Armas, drogas e arrego”.

Haja Ladrão

A Light tem 4,2 milhões de clientes e afirma que um terço deles furta energia. Segundo a empresa, 55% dos fraudadores estão onde os técnicos conseguem atuar e os outros 45% estão em áreas de risco, sem possibilidade de intervenção. O cálculo é de que 21,7% do roubo de eletricidade no país acontece no Estado do Rio, campeão neste quesito. A fraude representa por ano o que se consome em todo o Estado de Santa Catarina.

Notinhas

Dou-lhe 1, 2, 3… A mansão do ex-governador Sérgio Cabral em Mangaratiba vai a leilão no mês que vem com o preço inicial de R$ 8 milhões. Quem tem casa no mesmo condomínio diz que será arrematada por R$ 6 milhões a R$ 7 milhões. A avaliação é de que um terreno ali custa algo como
R$ 3,5 milhões, além de um gasto de outros R$ 2,5 milhões para construir.

Como uma tartaruga.
O Governo Federal anunciou agora licitação para algumas obras de contenção de encostas em risco na Região Serrana. Sabe desde quando eram necessárias? Desde as chuvas de 2008. Quase dez anos depois, as intervenções serão feitas.

Coisas do bem. Até o fim de outubro, o estúdio de tatuagem Kiko Tattoo está atendendo as mulheres vítimas do câncer de mama que passaram por mastectomia e podem reconstruir gratuitamente os seios com tatuagem de aréola mamilar. É a campanha “Espelho, Espelho Meu” em prol do Outubro Rosa. O objetivo é ajudar mulheres a resgatar a autoestima e a se olharem felizes no espelho. Para realizar o procedimento, as mulheres devem ligar para 2438-4539.