Manobra cria cargos na Câmara dos Deputados

Por Caio Cuccino Teixeira

claudio-humberto Para acomodar partidos e políticos com cargos e benesses, o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), lançou mão de um antigo recurso: desmembrou em duas a comissão de Turismo e Desportos, assim como fez, em 2013, com a de Cultura e Educação. Quando discutia Turismo e Desportos, a comissão quase não obtinha quórum. Estendia reuniões esperando alguém aparecer para trabalhar.

Sai do seu bolso
Só com cinco servidores e funções comissionadas, o custo de cada nova comissão chega a R$ 807.312,05 (no total, R$ 1,6 milhão) ao ano.

Matemáticos
No cálculo matemático, a Câmara tenta convencer que não aumenta cargos: pega salários grandes e transforma em menores. Ah, bom.

PSB quer Miro
O PSB resiste a Alfredo Sirkis, amigo de Marina Silva, para disputar o governo do Rio. Os socialistas preferem Miro Teixeira (Pros).

Tá feia a coisa
Precisa chover dólares na conta corrente do Brasil, que está quase no “nível Cantareira” de secura.

ONU e OMS recomendam uso de simuladores
A Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) criaram, em 2010, o Plano Global para a Década de Ações de Segurança no Trânsito, com o objetivo de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito. O desenvolvimento de programas, como adoção de simuladores, para qualificar melhor os motoristas, é um dos pilares do plano, do qual o Brasil é signatário com outros 178 países.

Números alarmantes
No ano em que o Brasil assinou o plano da ONU, mais de 40 mil pessoas morreram no trânsito. Desde então as mortes cresceram 30%.

Mais mortes
O número de mortes em acidentes de trânsito aumentou mais de 65% nos últimos dez anos. Só em 2012 morreram mais de 60 mil pessoas.

Ameaça na Câmara
Um grupo de deputados insatisfeitos por não terem sido “consultados” pelo Contran, tenta anular, na Câmara, a adoção dos simuladores.

Bom sinal
Para o governo, há um grande argumento favorável a simuladores, nas autoescolas: o enrolado líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), é contra. “Só pode ser bom”, ironizam assessores de Dilma.

Ninguém aguenta
Além de banqueiros e grandes empresários, as confederações da Indústria e da Agricultura se juntaram a uma ala do PT para pressionar o ex-presidente Lula a substituir Dilma Rousseff na disputa pela Presidência.

Vai que cola
O PV articula para costurar a candidatura de Fernando Gabeira ao governo do Rio, com o apoio do PSB e da Rede. Em troca, o partido apoiaria Eduardo Campos e Marina Silva em eventual segundo turno.

Guerra é guerra
O Ministério da Defesa receberá um lote de 500 fuzis AR-10 com 1,5 km de alcance, que os americanos no Iraque evitavam. A Polícia Federal também se arma: pagou R$ 14 milhões por pistolas de choque Taser.

Balança, mas não cai
A Romênia comemora aumento das exportações para o Brasil: de € 145 milhões para € 198 milhões em 2013, segundo a agência estatal romena ACT. A Alemanha é que mais exporta na UE para o Brasil.

Noves fora
A bancada do PT está dividida sobre a presidência das comissões temáticas. A facção Construindo um Novo Brasil (CNB), liderada por Lula, quer as quatro a que o partido tem direito.

Tudo são flores
Foi-se a primavera, mas a Presidência da República reservou R$ 141,5 mil para gastar até dezembro com flores diversas, incluindo coroas fúnebres e três árvores de Natal, com Papai Noel, gnomos e lâmpadas.

Problema deles
Presidente do PCdoB na Bahia, o deputado Daniel Almeida acredita que o fato de o PT apoiar candidato de Roseana Sarney (PMDB) no Maranhão “não vai fragilizar em nada nosso candidato Flávio Dino”.

Pensando bem…
…parodiando o padre luterano Martin Niemöller, “quando levaram os venezuelanos eu me calei, porque afinal eu não era venezuelano”.

Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 

www.claudiohumberto.com.br

coluna-claudio-humberto-roberto-jefferson


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo