Zagueirar ou domingar?

Por Tercio Braga

ZAGUEIRAR OU DOMINGAR?

Você já deve ter ouvido por aí que zagueiro bom é aquele que rebate e não assusta o torcedor. Há até quem use o verbo ‘zagueirar’ para o simples ato de mandar a bola para o mato ou para qualquer lugar longe do gol do seu time. Sair driblando atacantes adversários com categoria é para poucos por causa de todos os riscos implicados na jogada.

Ter esse tipo de lance apelidado em homenagem ao seu nome é para um zagueiro único na história do futebol brasileiro, Domingos da Guia. Jogador de excelente técnica e titular da seleção brasileira na Copa de 1938, na França, deu suas ‘Domingadas’ com as camisas de Bangu, Vasco, Flamengo, Corinthians, Boca Juniors, da Argentina, e Nacional, do Uruguai.

Morto em 2000, Domingos era pai de Ademir da Guia, maior ídolo da história do Palmeiras, e irmão de Ladislau da Guia, maior artilheiro da história do Bangu. Ainda pela seleção, Domingos da Guia conseguiu os títulos da Taça Rio Branco, em 1931 e 1932, e da Copa Roca, em 1945.

PIMENTA NO COMANDO

Na Copa de 1938, Domingos da Guia e outros craques foram dirigidos por Ademar Pimenta. Na primeira metade da década de 30, Ademar foi diretor técnico da Associação Metropolitana de Esportes Atléticos, entidade que comandava o futebol no Rio de Janeiro. Ganhou destaque ao assumir o cargo de técnico do Madureira, conquistando o vice-campeonato carioca de 1936. No final daquela temporada, passou a treinar a Seleção e na Copa do Mundo de 1938, disputada na França, levou o Brasil ao comemorado e inédito 3º lugar, após a disputa contra a Suécia, e depois de vários problemas ocorridos na preparação para o torneio.

GUERRA 2×0 COPAS 

Você sabia que o Brasil poderia ter sido o palco da Copa do Mundo antes mesmo de 1950? O país tinha grandes chances de receber o Mundial oito anos antes, mas muitas nações em todo o planeta estavam envolvidas nos conflitos da Segunda Guerra desde 1939. A Fifa já tinha definido que o torneio seria na América do Sul, mas acabou cancelando as duas edições previstas para a década de 40. Se fosse disputada no Brasil em 1942, a Copa teria como principal palco o estádio do Pacaembu. Erguido na capital paulista em 1940, com capacidade na época para 70 mil pessoas, era a maior arena de futebol da América Latina. Em 1950, o Pacaembu já era desbancado pelo Maracanã, com 200 mil lugares.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo