Odebrecht é a que mais ganha obras no exterior

Por fabiosaraiva

claudio-humbertoEm dez anos, cresceram 1.185% os financiamentos do BNDES para empreiteiras brasileiras no exterior, escolhidas a dedo e isentas de fiscalização de órgãos de controle. Amiga do ex-presidente Lula, que utiliza seus jatinhos, a baiana Odebrecht faturou 26 dos 48 projetos de infraestrutura na América Latina até 2012. Somente em Angola, a empreiteira teve financiamento do BNDES para 35 grandes projetos.

O nirvana

A ditadura cubana não viu a cor dos US$ 678 milhões (R$ 1,64 bilhões) do BNDES para o Porto de Muriel. A grana foi direta para a Odebrecht.

É uma festa

A Camargo Correa tem 7 projetos financiados pelo BNDES em Angola. A Andrade Gutierrez tem 13 e a Queiroz Galvão, 18.

O jeitinho

O BNDES financia para as empreiteiras o “envio de bens já existentes ou de serviços” a outro país. Chamam isso de “Exim Pós-Embarque”.

Multinacional

A Odebrecht tem contratos com dinheiro do BNDES em Angola, Peru, Argentina, República Dominicana, Equador, Venezuela e Uruguai.

Imóveis funcionais rendem merreca ao governo 

Proprietário de 33 imóveis funcionais nas mais nobres áreas do Distrito Federal, o governo arrecada a merreca de R$ 29,2 mil com a taxa de ocupação cobrada dos seus privilegiados inquilinos, assessores do governo. O valor não daria para pagar nem sequer o aluguel de duas das mansões que fazem parte dessa lista, no Lago Sul, atualmente transformadas em aprazíveis sedes de dois órgãos governamentais.

Alerta vermelho

O Twitter não perdoa: a sugestão é que na volta de Cuba, o avião de Dilma faça uma “parada técnica” no Triângulo das Bermudas.

Obras inesquecíveis

Além de estradas de biscoito e pontes de papel machê, agora temos passarelas para pedestres construídas com papelão.

Águas de bacalhau

A página no Facebook do restaurante Eleven, onde Dilma jantou com a comitiva em Lisboa, virou alvo de chacota e sugestão de boicote.

Mistério em Lisboa

Dilma deixou no ar e desviou a polêmica da inauguração do porto de Muriel, em Cuba: os olhos roxos nas fotos em Lisboa revelam noites mal dormidas. Ou, mais provável, uma plástica na estadia em Zurique.

Mais do mesmo

O motorista irresponsável e o operário que não apertou os parafusos da passarela serão os únicos punidos na tragédia da Linha Amarela, no Rio. O grupo Invepar-Lamsa-OAS, que opera a concessão, não.

Valec: maré de sorte…

O ministro César Borges (Transportes) e o presidente da Valec, José Lucio Lima Machado, têm sorte: um tal Paulo Ruy Godoy Filho ameaça processá-los, tentando melar a compra de trilhos da Ferrovia Norte-Sul.

…com figura manjada

Paulo Godoy, que ameaça acionar o governo, dono de quatro CPFs, é réu em mais de 90 ações por estelionato, contrabando, formação de quadrilha, lavagem etc. Ajuizou 8 ações contra a Valec. Perdeu todas.

Opaca transparência

Há um ano nº 2 da CGU, que supostamente fiscaliza a União, Carlos Higino não desocupa imóvel funcional do governo do DF. Diz que fez permuta com uma colega, como se fossem deles próprios os da União.

Conexão Brasil-Canadá

O diplomata Pedro Brêtas Bastos entregou ontem suas credenciais de embaixador do Brasil ao governador geral do Canadá, David Johnson, que representa a rainha Elizabeth. A embaixada é sediada em Ottawa.

Exploração Airlines

Apesar dos sites que comparam tarifas, as empresas aéreas tratam os clientes como otários. Para uma mesma data, voo Ilhéus-Brasília custa R$ 259 na Avianca, 1.350 na TAM, 1.780 na Gol e R$ 3.179 (!) na Azul.

Vexame consentido

A Anistia Internacional denunciou uma onda de prisões em Cuba às vésperas do encontro da Celac, com a participação de Dilma. Cinco ativistas estão em prisão domiciliar e 18 proibidos de ir a Havana.

Pensando bem…

…a empreiteira é Odebrecht, mas pode chamá-la de OAL (Obrigado, Amigo Lula). Lembra outra baiana, OAS, aquela do amigo sogro ACM.

 

Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 

www.claudiohumberto.com.br

 

Captura de Tela 2014-01-28 às 21.11.59 Captura de Tela 2014-01-28 às 21.12.24

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo