As férias chegaram

Por Carolina Santos

bruno-caetanoPara alguns negócios é a melhor época do ano em razão do forte aumento das vendas; para outros, tempo de vacas magras por causa da queda na demanda. Se você se enquadra no segundo grupo, saiba que o período de férias não tem de ser um pesadelo. Basta aprender a lidar com a sazonalidade preparando-se corretamente.

O dono de um empreendimento que sofre com as férias, como comércio localizado perto de escola ou faculdade, deve estar ciente de que o período de alta tem de garantir o de baixa. Então o plano financeiro precisa prever uma reserva para cobrir as despesas durante os meses mais fracos. É vital ter um controle rigoroso dos gastos para ajustar as contas. A partir daí, corte o possível – sem nunca prejudicar a qualidade – e adeque compras e estoques para a época menos movimentada, caso contrário há grande risco de parte da mercadoria ficar parada.

Outra medida útil é rever o portfólio de produtos ou serviços. Diversificar o que é oferecido pode ser uma saída. Para tornar a ação mais eficiente, ouça os clientes e procure descobrir o que eles querem. Converse também com os funcionários; eles são uma fonte de informação importante sobre o negócio. Quanto mais você souber sobre o público (inclusive potenciais clientes), mais fácil será suprir necessidades e desejos dos consumidores.

Observe o que os concorrentes estão fazendo e
está dando certo. Será que há alguma ideia que possa ser adaptada à sua empresa? Não fique isolado
do que se passa no mercado.

Invista na divulgação do seu negócio, no marketing e nas promoções. O momento é propício para pensar em novos atrativos para chamar compradores.

E no melhor estilo “fazer do limão uma limonada”, aproveite a fase de baixo movimento para realizar reformas, manutenção e mudanças pretendidas no estabelecimento. Tentar arrumar a casa quando o ponto comercial está cheio é pedir para o cliente ir embora.

Mais uma vez, planejamento é a palavra-chave. Programe-se para os meses menos agitados, pois só assim você terá condições de driblar as adversidades.

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo