Vamos que vamos!

Por Carolina Santos

helio-castronevesOi galera, tudo bem? Depois da corrida no sábado em Fontana, a festa de premiação do domingo em Hollywood e a minha participação ontem no programa da Ellen DeGeneres, tudo isso na Califórnia, nesta terça-feira já estou em casa, aqui na Flórida. É sempre gostoso dormir na minha cama e usar meu próprio banheiro, principalmente depois de um período tão movimentado, dentro e fora das pistas.

Como vocês já sabem, o título não veio. As coisas que aconteceram em Houston atrapalharam bastante a nossa trajetória e não foi possível recuperar esse prejuízo em Fontana. Apesar de a gente ter tido outro resultado robusto, não deu para impedir o título do Scott Dixon. Aliás, ele a equipe Chip Ganassi estão de parabéns.

Claro que fiquei frustrado, pois as chances de vencer o campeonato eram reais, sólidas, e o título acabou escapando das nossas mãos por conta de detalhes que fugiram ao nosso controle. Mas o esporte tem dessas coisas, já estou em plena preparação para entrar com tudo na temporada de 2014 e, para ser muito sincero, a gente tem muito mais para comemorar do que para lamentar em relação ao campeonato desse ano.

Foram 16 corridas entre os dez primeiros, incluindo a vitória no Texas, e 14 delas como líder do campeonato. Conseguimos desenvolver uma constância muito grande e o meu pessoal do Team Penske foi incansável o ano todo para que eu tivesse as melhores condições possíveis. Por tudo isso é mais uma temporada importante que deixo para trás e já de olho no calendário do ano que vem. E por falar em calendário, infelizmente a SP Indy não está na relação de provas da IndyCar já anunciadas para 2014. Mas podem ter certeza que tem muita gente trabalhando para esse panorama ser revertido. Se não agora, talvez para 2015.

Bom, o campeonato terminou, mas vocês não vão se livrar do Castroneves, não. Vou continuar aqui, toda terça, com a minha coluna, sempre atazanando a vida do editor Wilson Dell’Isola, que fica louco com os meus atrasos (Sorry, buddy!). E, agora, os prêmios! Quero agradecer demais pelos e-mails enviados com os palpites para Fontana e, mais ainda, pelas mensagens de otimismo e torcida. Na verdade, ninguém acertou o resultado de chegada. Quanto à largada, foi considerado voto certo quem disse 2º e 12º. É que fui 2º no Qualifying, mas larguei em 12º por causa da troca de motor. Então, os vencedores foram, após sorteio entre os empatados, o Elton Gomes dos Santos e o Jean Lucky Nunes Dias. Vocês vão receber e-mails diretamente do meu pessoal aí no Brasil.

Abraço a todo, super obrigado e até semana que vem.

Helio Castroneves, 38, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 28 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputará em 2014 sua 17ª temporada na categoria e 14ª pelo Team Penske.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo