Sem pernas

Por fabiosaraiva

rose-guglielminettiO presidente da Câmara de Vereadores de Campinas, Campos Filho (DEM), foi ao MP (Ministério Público) na semana passada para explicar aos promotores que a Casa de Leis “não tem pernas” (funcionários) para dar conta das sindicâncias pedidas pela Promotoria para investigar irregularidades no Legislativo da cidade.

O democrata disse que já são quatro linhas de investigações que estão em andamento, que vão desde a compra de painel até levantamento do patrimônio. Os pedidos foram feitos após denúncias do Jornal Metro sobre irregularidades no Departamento de Compras. A Câmara tem hoje 53 funcionários efetivos. O encontro foi para dizer que não há má vontade para com o MP.

Galeria de fotos. Por enquanto, a Câmara ainda não recolocou na galeria de fotos de ex-vereadores o retrato da vereadora Marcela Moreira (PSOL), quebrado por Rodrigo Pavani, frequentador assíduo da Câmara, durante uma sessão no Legislativo. Independentemente dos parlamentares gostarem ou não da socialista, ela foi eleita democraticamente e exerceu um mandato na Casa. Campos Filho disse que vai recolocar a foto, mas não informou quando.

Nem vem. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) está de olhos bem abertos com os pedidos de financiamentos ao Estado de obras para serem entregues no ano que vem, véspera de eleições. Hospitais, por exemplo, estão difíceis de passar pelo crivo do Palácio, que tem filas de projetos para analisar. Segundo o tucano, as prefeituras ainda não aprenderam que o mais complicado é o depois, ou seja, o tal do custeio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo