Presidente faz CNC pagar até aluguel de amiga

Por Carolina Santos

claudio-humbertoPresidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC) há 33 anos, Antônio de Oliveira Santos age como se fosse dono da entidade. Até autorizou o Sesc Nacional a pagar aluguel de R$ 7,5 mil de um belo apartamento na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, onde mora a diretora Claudia Fael, muito amiga dele. O Sesc pagou a mobília e paga até os empregados, como demonstram documentos em poder da coluna.

Intrigante. O Sesc paga até a TV a cabo da diretora. Intriga funcionários o que fez Claudia Fael para merecer tanta atenção do presidente da CNC.

Murrinha. Mesmo com salário de R$ 26 mil, a líder do PCdoB, deputada Manuela D’Ávila (RS), pôs na conta do contribuinte lanche de R$ 22,50, em abril.

Monte de contas. Em 2013, a deputada Manuela D’Ávila já torrou R$ 26,4 mil em contas de telefone. Com o escritório político no Sul, foram mais R$ 43,8 mil.

Ceder é o jeito. Em reunião esta semana, a bancada do PSDB chegou à conclusão que a sigla não pode tirar de José Serra (SP) o direito de disputar prévias.

O PT fracassou. Tweet de Paulo Coelho, escritor brasileiro que mais vende livros no mundo: “Nunca pensei que fosse tuitar isso, mas minha decepção com o PT, que apoiei, não para de crescer. #fail” (fracasso).

Dilma, a enfezada, largou tradutora no Panamá. A presidenta Dilma não demitiu antes o ex-chanceler Antonio Patriota por achar que “todos são a mesma coisa”, como diz dos diplomatas. Mas tratava mal a todos, como a tradutora em visita aos EUA que Dilma detestou. Para se vingar do Itamaraty pela viagem pífia, ela abandonou a tradutora no aeroporto da Cidade do Panamá, após escala na viagem de volta. Os colegas da moça, diplomatas, ficaram revoltados.

Implacável. A escala para reabastecer demorou menos que previsto. Dilma mandou o avião decolar, mesmo sabendo que a tradutora ainda não retornara.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo