Miss que chegou a pesar 110 kg mostra incrível transformação

Por Metro Jornal

A sul-matogrossense Giovanna Grigolli, 20 anos, sofreu bullying na infância e início da adolescência. Obesa, a menina era excluída, segundo afirma, "dentro da própria casa, na rua e em lojas". Sete anos após grande parte desses episódios, a menina ganhou concursos de beleza em seu estado e concorre ao posto de Miss Brasil deste ano.

Leia mais:
Homem finge ser mulher e vence Miss Cazaquistão

A miss Mato Grosso do Sul Be Emotion contou a história em seu Instagram nesta semana com fotos de quando era pequena. "Vocês conseguem acreditar que essa menina será coroada como MISS MATO GROSSO DO SUL BE EMOTION 2018? Porque eu, sinceramente, já duvidei muito disso e jamais imaginei que ela seria capaz de algo assim. "

Segundo Giovanna, ela chegou a pesar 110 quilos e sofreu perseguições na escola. "Essa garota sofreu quando jogaram um balde cheio de minhocas nela dentro da escola apenas pelo fato de ser gorda e suas colegas não fizeram nada, pois tinham vergonha dela", escreveu Giovanna.

Veja o depoimento e as fotos abaixo:

"Vocês conseguem acreditar que essa menina será coroada como MISS MATO GROSSO DO SUL BE EMOTION 2018? Porque eu, sinceramente, já duvidei muito disso e jamais imaginei que ela seria capaz de algo assim.
Essa garota era obesa, pesava 110 kg e sofria bullying dentro da própria casa, na rua, em lojas. Essa garota sofreu quando jogaram um balde cheio de minhocas nela dentro da escola apenas pelo fato de ser gorda e suas colegas não fizeram nada, pois tinham vergonha dela.

Essa garota, que mesmo sendo extremamente feliz com si mesma, interna e externamente, acabou acreditando por um longo tempo que era um monstro e por isso deveria ser punida, até mudar seu jeito.
E foi assim que essa garota, com apenas 13 anos, adquiriu diversos problemas psicológicos, alimentares e interpessoais. Foi assim que ela perdeu 60 kg em menos de seis meses, com pensamento de que finalmente estaria livre de todos os comentários. Mas foi aí que essa garota teve outra decepção, pois descobriu que toda a maldade em cima dela só estava começando. E que nesse caminho acabou perdendo a única pessoa por quem realmente poderia lutar por ela: ela mesma.

Essa garota passou a não gostar de ir à escola pelos olhares dos professores de deboche por ser “problemática” e “mentirosa”, pelos comentários dos colegas rindo por ela ser diferente e não curtir beber de cair ate o chão, pelas críticas vindas da própria família falando que ela nunca poderia dar orgulho algum e também sofreu principalmente internamente por achar que todos estavam certos e ela sempre seria uma vergonha para todos à sua volta.
A garota que sempre amou dançar, rir, conversar, passear, acabou se prendendo em um inferno particular. E o medo a dominou por pensar que ela não era alguém “normal”, o que acabou fazendo com que ela se fechasse por anos.
Mesmo estando sozinha, essa garota conseguiu superar toda sua carga emocional, dando a volta por cima ao passar em diversas universidades, além de se tornar modelo, por um breve tempo.

Atualmente com 20 anos, essa garota é empresária de diversas áreas, tendo ênfase na área de programação, a qual também é sua paixão, já que estuda justamente isso."

Giovanna Grigolli Reprodução/Instagram

Giovanna Grigolli Reprodução/Instagram
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo