American Crime Story narra morte de Gianni Versace; veja quem é quem

Por Angela Correa
Divulgação/Fox
American Crime Story narra morte de Gianni Versace; veja quem é quem

Depois de uma primeira temporada concentrada nos bastidores do julgamento de O.J. Simpson, a série "American Crime Story" volta ao ar hoje mergulhada no mundo exuberante da moda e tentando decifrar a mente de um psicopata.

Leia mais:
American Crime Story: Família Versace desautoriza série estrelada por Ricky Martin
Novo vídeo com depoimentos mostra o que esperar da série Versace: American Crime Story

A trama conta agora a história do homicídio do estilista italiano Gianni Versace (1946-1997). Na estreia, a partir das 23h, o canal fechado FX exibe em sequência os dois primeiros episódios de "O Assassinato de Gianni Versace", subtítulo da segunda temporada.

Gianni (Édgar Ramírez), a irmã Donatella (Penélope Cruz) e seu namorado Antonio D'Amico (Ricky Martin) têm histórias fortes, mas é o assassino, Andrew Cunanan (Darren Criss) que ganha o protagonismo. O homicídio abre o episódio em uma sequência tensa em que se conhece os perfis da vítima e do assassino.

Quando morreu, aos 50 anos, Gianni era a mente criativa por trás do império fashion que hoje é conduzido por Donatella. Andrew, um garoto de programa de 27 anos com mania de grandeza, havia matado outros quatro homens antes de chegar a Miami e balear o estilista na entrada de sua mansão, em plena luz do dia.

Apesar do tom de homenagem à figura do italiano, os Versace fazem questão de frisar que a série, criada por Ryan Murphy, é pura ficção. A família se incomodou principalmente com a versão de que Gianni havia se envolvido com Cunanan anos antes do crime. A revelação de que o designer era soropositivo também não agradou aos irmãos.

Murphy, conhecido por "Glee" e "American Horror Story" é um perfeccionista: detalhes dos figurinos e dos cenários luxuosos e extravagantes da mansão e dos desfiles de Versace saltam aos olhos. A caracterização dos atores também está perfeita, mas o grande trunfo é mesmo a atuação, que não se perde em elementos naturalmente exagerados: os personagens são pitorescos na vida real.

Ramírez, conhecido pela interpretação do boxeador Roberto Durán em "Punhos de Aço", não cai no clichê afetado, enquanto que Penélope mostra uma face menos antipática do que a Donatella verdadeira. Criss, que surgiu em "Glee", tem o seu grande papel na figura de Cunanan.

Loading...
Revisa el siguiente artículo