Aziz Ansari, roteirista e estrela de Master of None, é acusado de abuso sexual

Por Estadão Conteúdo
Ben Gabbe/Getty Images
Aziz Ansari, roteirista e estrela de Master of None, é acusado de abuso sexual

Aziz Ansari, que ganhou o Globo de Ouro na categoria de Melhor Ator em série de comédia ou musical na semana passada por sua atuação em "Master of None", foi acusado de assédio sexual neste domingo, 14. Após a acusação, ele se defendeu em um comunicado divulgado nesta segunda-feira, 15.

Uma fotógrafa de Nova York que se identificou apenas como Grace, de 23 anos, fez o relato ao site "Babe", no qual publicou a acusação. Ela conta que conheceu o ator após o Emmy 2017, quando ele fotografava com uma câmera analógica. Ele pediu o número dela e, uma semana depois, no dia 25 de setembro, os dois tiveram um encontro.

Leia mais:
Aziz Ansari, de Master of None, deleta redes sociais do celular
Aziz Ansari volta para 2º ano de ‘Master of None’

Eles foram a um restaurante e, depois, para a casa dele, em Nova York. Lá, ele começou a beijá-la, a tocá-la e a tirar sua roupa rapidamente – foi aí que ela começou a se sentir desconfortável. "Ele colocou minha mão no pênis dele umas sete vezes. Ele ficava fazendo isso mesmo eu evitando", contou Grace.

Ela conta que tentou se esquivar, parar o ato, mas ele a segurava e não deixava. Grace disse que usou formas "verbais e não-verbais" de indicar o quão desconfortável e incomodada ela estava. "A maior parte do meu desconforto foi demonstrada com o fato de eu empurrá-lo e murmurar. Eu sei que minha mão parou de se mover em alguns momentos. Eu parei de mover meus lábios e fiquei fria", relatou. "Eu sei que estava dando sinais visíveis de que não queria continuar. Ou ele não notou, ou ignorou totalmente", disse.

De acordo com o relato, Ansari realmente queria fazer sexo. Após outros diálogos, ela pediu licença e foi ao banheiro. Grace passou cerca de cinco minutos no banheiro e, ao voltar, Ansari perguntou se ela estava bem. Ela respondeu que não queria se sentir forçada a fazer sexo, e ele disse: "Ah, claro. Só é divertido se nós dois nos divertirmos". Depois disso, o ator disse para eles ficarem deitados no sofá, e ela pensou que ele não iria mais falar sobre sexo.

Entretanto, Ansari, segundo ela, voltou a assediá-la. "Eu realmente me senti pressionada. Foi, literalmente, a coisa mais inesperada que aconteceu naquele momento porque eu disse a ele que estava me sentindo desconfortável", relatou Grace. Os dois fizeram sexo.

Depois disso, ele a levou para diferentes partes do apartamento e insistiu para fazer sexo com ela, inclusive em frente a um espelho. "Eu me lembro de olhar no espelho e vê-lo atrás de mim. Ele estava curtindo o momento e eu, obviamente, não estava", disse.

"Eu realmente me toquei que havia sido abusada. Eu senti tudo quando eu me deitei ali. A experiência toda foi horrível", falou Grace disse que, depois, ele tentou beijá-la novamente e começou a tirar sua roupa, mas aí ela recusou e começou a brigar com ele, dizendo que "todos os caras são iguais". Ele então perguntou o que ela queria dizer e começou a beijá-la, o que ela descreveu como beijos "nojentos e forçados".

Após a insistência dela, ele finalmente parou e pediu um Uber para ela ir para casa. "Eu chorei o caminho inteiro. Naquele momento, eu me senti abusada. Aquela última hora ficou tão fora do meu controle", disse.

No dia seguinte, Ansari enviou uma mensagem para ela dizendo que havia se divertido muito. "A noite passada pode ter sido divertida para você, mas não foi para mim. Você claramente ignorou sinais não-verbais e continuou avançando. Eu quero ter certeza que você está ciente disso, para que outras garotas não tenham que chorar a caminho de casa", respondeu Grace.

Ele então respondeu: "Eu estou muito triste de ouvir isso. Claramente, eu confundi as coisas no momento e eu estou muito arrependido". Grace conta que resolveu tornar o caso público após ver Aziz Ansari ganhando o prêmio no Globo de Ouro há uma semana.

Consensual

No comunicado enviado ao site, Ansari diz que achou que tudo havia sido consensual. "Em setembro do ano passado, eu conheci uma mulher em uma festa. Nós trocamos números, trocamos mensagens e nos encontramos. Nós saímos para jantar, e nós acabamos começando uma atividade sexual, o que tudo indicava que era consensual", falou Ansari.

"No dia seguinte, eu recebi uma mensagem dela dizendo que, apesar de ter parecido que estava tudo bem, ela se sentiu desconfortável. Era verdade que parecia que estava tudo bem para mim, então, quando eu ouvi que não foi o mesmo para ela, eu fiquei surpreso e preocupado. Eu levei as palavras dela para meu coração e respondi após levar um tempo para processar o que ela havia dito. Eu continuo apoiando o movimento que está acontecendo em nossa cultura. É necessário e já deveria ter acontecido há tempos", concluiu o ator no comunicado.

Loading...
Revisa el siguiente artículo