Luann de Lesseps é presa e justifica ataque de fúria por 'emoções escondidas há muito tempo'

Por Metro internacional

Luann de Lesseps, ex-modelo e participante do reality-show "Real Housewives", foi detida pela polícia da Flórida, nos Estados Unidos, no dia de Natal (25). A celebridade foi acusada de atacar um bombeiro, chutar um policial e resistir violentamente à detenção. Ela estava alcoolizada.

Segundo o Cosmopolitan, um advogado do Estado disse que Luann ainda ameaçou um grupo de pessoas gritando que “ia matar a todos”, uma atitude bem diferente a qual aparentava no reality que  mostra o dia-a-dia de mulheres ricas da alta sociedade.

Após pagar uma fiança de US$ 20 mil, declarou que o comportamento que causou sua prisão no último fim de semana foi devido a “emoções escondidas há muito tempo”.

O juiz local declarou que por conta dos quatro delitos que cometeu, ela deveria contratar um advogado de defesa criminal e não ignorar as infrações.

Luann é ex-mulher do conde Alexandre de Lesseps e manteve o titulo real francês depois do seu divórcio em 2009 até seu casamento com D'Agostino, com quem ficou até o começo desse ano.

Luann Reprodução / Alchetron
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo