Beyoncé, Kim Kardashian e outras fashionistas que já foram esnobadas por grandes marcas

Por Estadão Conteúdo
Reprodução/Instagram
Beyoncé, Kim Kardashian e outras fashionistas que já foram esnobadas por grandes marcas

Pode ser difícil para uma atriz, modelo ou empresária ser notada pelo mundo da moda, ainda mais se a fashionista em questão não se adequar aos padrões de beleza da indústria. Porém, assim que uma celebridade está sob os holofotes, marcas se esforçam para que ela use um de seus looks. Até pessoas como Kim Kardashian e Beyoncé, que hoje são referência de estilo, já foram rejeitadas por grandes marcas.


Kim Kardashian

Em uma entrevista para a Elle norte-americana, o stylist Nicola Formichetti disse que era difícil vestir Kim Kardashian no começo de sua carreira. "As pessoas não me emprestavam roupas", ele disse. "Isso é o esnobismo da moda".

 

Beyoncé Reprodução/Instagram

Beyoncé

Quando a cantora recebeu um prêmio do Council of Fashion Designers of America, em 2016, ela admitiu que sua própria mãe fez todos os figurinos de sua primeira banda, a Destiny’s Child, porque "grandes grifes não queriam vestir meninas negras, country e cheias de curvas".

 

Ashley Graham Reprodução/Instagram


Ashley Graham

Ashley Graham está na lista das modelos mais bem pagas do mundo da moda e, ainda sim, passa por problemas na hora de se vestir. Alexandra Shulman, diretora da revista Vogue britânica, comentou que estilistas "se recusaram a nos emprestar roupas" para a edição em que Ashley foi capa. A marca Coach foi quem topou clicar o editorial com a modelo.

Khloe Kardashian

Khloe Kardashian

A irmã de Kim confessou para a Harper’s Baazar norte-americana que, antes de perder peso, nunca havia muitas opções de looks para ela durante photoshoots. "Eles davam muita atenção para Kourtney e para Kim, mas eu sempre dava muito trabalho para os stylists, ou eles não tinham nada em meu tamanho".

Bryce Dallas Howard

Bryce Dallas Howard

A atriz contou para o canal E! que prefere comprar os seus próprios vestidos em lojas de departamento, onde existem diversas opções no tamanho 40, do que ir a um showrooom de um estilista, que não possui muitas roupas em seu número.

Loading...
Revisa el siguiente artículo