Day McCarthy, socialite que fez declarações racistas sobre Titi, agora ataca Anitta: 'cheira pó'

Por Metro Jornal
Reprodução/Instagram
Day McCarthy, socialite que fez declarações racistas sobre Titi, agora ataca Anitta: 'cheira pó'

Day McCarthy, socialite brasileira radicada no Canadá, voltou a atacar em sua rede social.

No último domingo (26), ela fez vídeos em que afirmava que a cantora faz uso de cocaína. "A única pessoa que eu posso provar que cheira pó é só a Thaila Ayala e a Anitta, o resto eu não tenho como provar", explicou ela em seu Instagram Stories após uma série de vídeos em que mostrava diálogos com Renner de Souza, maquiador da cantora, e com a própria Anitta, que pedia que ela apagasse um vídeo que fez do grupo de amigos.

Segundo Day, ela fimou Anitta sem querer enquanto ela fazia uso da droga. "Cheirou na minha frente", afirmou e ainda ameaçou: "Se me irritar, eu posto o vídeo mesmo".

A reportagem procurou pela assessoria de imprensa da cantora para saber se ela se pronunciaria sobre o caso mas, até a publicação desta nota, não obteve resposta. Anitta também não havia comentado nada em suas redes sociais.

Histórico

No sábado, um vídeo em que Day chamou a filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank de "macaca", entre outras ofensas racistas, gerou revolta na internet. Ela também já havia atacado Rafaella Justus, filha de Ticiane Pinheiro e Roberto Justus, ao chamar a menina, que tem estenose crânio-facial que modifica a ossatura de seu rosto, de "Chucky", personagem do filme de terror "Brinquedo Assassino".

Veja abaixo a acusação:

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo