'Estamos parecendo cretinos', diz Russell Crowe após sofrer críticas por ajudar refugiados

Por Metro Jornal
Getty
'Estamos parecendo cretinos', diz Russell Crowe após sofrer críticas por ajudar refugiados

Na última semana, Russell Crowe anunciou que ofereceria ajuda aos refugiados da Ilha Manus, um pedaço remoto da Papua Nova Guiné que passou a servir de "presídio" para pessoas de todas as nacionalidades que foram banidas da Austrália. Seu gesto, porém, atraiu críticas de seus conterrâneos.

“Ele deveria encontrar emprego para australianos desempregados primeiro", era o principal argumento de seus detratores.

Em resposta aos ataques, Crowe tentou despertar a empatia. "Se um dos homens em Manus fosse seu irmão, seu tio, seu pai, seu filho… O mundo está observando a Austrália e nós parecemos cretinos", respondeu.

Não foi a primeira vez que Crowe respondeu às críticas de maneira contundente. Também no Twitter, ele disse que a ilha era a vergonha da nação.

Crowe ofereceu abrigo para seis refugiados, a quem também ajudaria a encontrar trabalho. "Tenho certeza de que outros australianos poderiam fazer o mesmo", afirmou.

Ele também recebeu apoio. "Concordo. Eu tenho um quarto pronto para um refugiado de Manus. E um emprego também. Quem mais?"

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo