Conheça detalhes do culto sexual do qual Allison Mack, atriz de Smallville, supostamente seria líder

Por Metro Jornal

Depois do fim de "Smalville", a atriz Allison Mack, que interpretou Chloe na série sobre a adolescência do Super Homem, não obteve mais muito destaque no noticiário de entretenimento. Até esta semana. Segundo reportagem do The Sun Online, Allison é uma das líderes de um culto sexual.

De acordo com Frank Parlato, que se diz antigo porta-voz da Nxivm, uma organização que prega a autoajuda, a atriz, 35 anos, é responsável por recrutar jovens para entrarem para o grupo, que seria uma fachada para o tal culto, chamado de DOS (dominus obsequious sororium).

As mulheres seriam escravas sexuais de Keith Ranieri, o diretor da empresa. Sob comando de Allison, elas tinham de cumprir um protocolo, como jejuar por 12 horas, tomar banhos gelados, e fazer uploads frequentes de nudes, informações bancárias ou confissões de contravenções em uma pasta organizada por Allison no Dropbox.

Dessa maneira, elas poderiam ser chantageadas a não deixar o culto. Elas também eram marcadas com as iniciais tanto de Ranieri quanto de Allison e espancadas, além de sofrer extorsão.

Segundo Parlato, Allison é tanto vítima quanto carrasca. "Ela é vítima porque sofreu lavagem cerebral de Raniere e é uma escrava. Ela tem que correr 40 milhas (64 quilômetros) por semana e manter uma dieta de 500 a 800 calorias por dia", afirmou Parlato.

Apesar de não ter tanto destaque, a atriz continuou obtendo papéis em séries, como "Wilfred".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo