Disputa pelo Planalto embola entre os paulistas

Por Metro Jornal
selo eleicoes

A pesquisa Band/Ibope também quis saber do eleitorado paulista quem ele escolheria para presidente da República se a eleição fosse hoje. Quatro cenários foram apresentados.

Com o ex-presidente Lula na disputa, ele supera os concorrentes, apesar da margem de erro de três pontos percentuais. Sem Lula, a disputa é acirrada e com a maioria votando branco.

Leia também
Datena e Suplicy são os preferidos ao Senado em SP
Ibope: veja intenção de voto dos eleitores de São Paulo para o governo do Estado

No primeiro cenário, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) tem 16% dos votos dos paulistas e está tecnicamente empatado com  Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede), que aparecem com 15% e 11% das intenções de voto, respectivamente. O ex-prefeito Fernando Haddad (PT) tem 3% e o presidente Michel Temer (MDB), 2%. Nessa simulação, Brancos e nulos alcançam 26% e 7% não responderam.

No segundo cenário, no qual Haddad é substituído por Lula (PT), o ex-presidente aparece à frente com 22% das intenções de voto. Jair Bolsonaro (14%), Geraldo Alckmin (12%), Marina Silva (9%) e Joaquim Barbosa (8%) aparecem tecnicamente empatados dentro da margem de erro da pesquisa. Brancos e nulos somam 19% e 5% não souberam responder.

No terceiro cenário testado, no qual Temer é substituído pelo ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB), Alckmin e Bolsonaro aparecem com 15% das intenções de voto cada um e em situação de empate técnico, com Marina (12%) e Joaquim Barbosa (10%). Brancos e nulos alcançam 25%, com 5% de eleitores indecisos.

No quarto cenário, o presidente Temer é substituído pelo Meirelles e Lula entra na vaga de Haddad. O ex-presidente aparece com 20% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro e Alckmin são citados por 14% cada. Os pré-candidatos Joaquim Barbosa e Marina obtêm 9% das intenções, cada um. Aqueles que declaram votar em branco ou anular o voto são 18%, enquanto os que não sabem o que responder ou não opinam somam 4%.

A Band promove o primeiro debate entre candidatos à Presidência no dia 9 de agosto. No caso de haver segundo turno, o novo debate entre os candidatos ocorre entre os dias 11 e 12 de outubro.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo