Lula não se entrega e PF considera negociação a melhor alternativa para cumprir ordem de prisão

Por Estadão Conteúdo

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens, afirma que os agentes envolvidos na operação de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva consideram que uma negociação com a defesa do petista é a melhor forma de cumprir a ordem de execução da pena

Encerrado o prazo das 17 horas dado pelo juiz Sérgio Moro, o representante dos policiais federais considera a possibilidade de Lula ainda se entregar à PF em São Paulo, de os agentes prenderem o ex-presidente na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (SP), entre 17 e 18 horas ou, cumprir a ordem num outro dia.

"A intenção não é dar o cumprimento a qualquer custo, mas cumprir a ordem da melhor forma, com tranquilidade e sem 'midiatismo'." A PF garante que há uma aeronave reservada para transportar o ex-presidente de São Paulo a Curitiba.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo