Licença-maternidade mais longa é aprovada por Comissão no Senado

Por Metro Jornal

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou nesta quarta-feira, 4, um projeto de lei que amplia o prazo da licença-maternidade de 120 para 180 dias.

O texto ainda autoriza o pai da criança a acompanhar a grávida em consultas e exames. A proposta, que é de autoria da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), seguirá direto para a Câmara dos Deputados caso não haja nenhum recurso.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) e o Ministério da Saúde indicam o período de seis meses dedicado à amamentação exclusiva.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo