Alckmin defende lei e Doria diz que 'nação do bem' quer prisão de Lula

Por Willian Kury/Rádio Bandeirantes

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse nesta quarta-feira (4) que a hora “é de aguardar”, mas ressalva: “Ninguém está acima da lei”.

A declaração do tucano veio em resposta a uma pergunta sobre o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula. “Nós devemos aguardar a decisão. É hora de aguardar. E destacar que a lei é para todos. Ninguém está acima da lei.”

O governador inaugurou, nesta manhã, a estação Oscar Freire, da Linha 4 do Metrô, no bairro do Jardim Paulista.

Doria

Já o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), disse esperar que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do habeas corpus de Lula permita a prisão. Na opinião dele, “é isso que a nação de bem espera do seu mais alto tribunal”.

Doria também compareceu a solenidade de inauguração da estação Oscar Freire.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo