Procuradoria Eleitoral abre investigação contra Skaf

Por Estadão Conteúdo
Lula Marques/ Agência PT
Procuradoria Eleitoral abre investigação contra Skaf

A Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo (PRE-SP) instaurou procedimento preparatório eleitoral para apurar se Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), estaria se utilizando da propaganda do chamado Sistema S (Fiesp, Sesi e Senai) para expor sua imagem de eventual pré-candidato, em desrespeito à legislação eleitoral.

As informações foram divulgadas pela Procuradoria da República em São Paulo.

O procedimento destina-se a apurar a eventual materialidade de ilícito eleitoral, considerando a exposição que o presidente da Fiesp, provável candidato ao governo do Estado de São Paulo nas próximas eleições, teria tido nos últimos meses, por meio da propaganda institucional do Sistema S.

Defesa

Em nota, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) afirmou: "Toda a publicidade da Fiesp, SESI-SP e SENAI-SP tem natureza institucional. Seu objetivo é divulgar programas e projetos das entidades. Além disso, se presta a informar à Indústria, que custeia as entidades, sobre a boa gestão e os bons resultados alcançados. Não existe qualquer conotação partidária associada a essa atividade. A eventual utilização de imagem de funcionários e dirigentes é uma opção das entidades, sempre aprovada expressamente pelos seus respectivos Conselhos. Ela segue: 1) regramento das próprias entidades, 2) do Sesi/Senai nacional e 3) do Tribunal de Contas da União. Todas essas regras sempre foram cumpridas rigorosamente.

Por estas razões, estamos tranquilos e prontos para prestar quaisquer esclarecimentos que a Procuradoria considerar necessários."

Loading...
Revisa el siguiente artículo