Lava Jato está blindada, diz ministro da Justiça

O ministro em sua cerimônia de posse | /Valter Campanato/Agência Brasil
Lava Jato está blindada, diz ministro da Justiça
Por: Metro Jornal Curitiba

O ministro da Justiça Torquato Jardim disse nesta segunda-feira, em entrevista ao programa “90 Minutos” da Rádio Bandeirantes que a operação Lava Jato não corre riscos de ser encerrada e “está blindada”.

O ministro afirmou que a Polícia Federal está executando 473 operações policiais neste momento e que, por isso, foi necessária uma reordenação operacional para otimização de recursos e de pessoal disponível. Mas, ainda assim, reiterou que “na Lava Jato ninguém mexe, a Lava Jato é de todos nós”.

Segundo Jardim, as ações da operação, que está presente em 16 Estados brasileiros, são maiores hoje em Brasília do que em Curitiba.

O titular da Justiça também comentou a respeito da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para ele, Lula e qualquer outro réu tem o direito de “espernear, reclamar”, mas a sentença do juiz Sergio Moro é “sóbria e bem fundamentada, assim como a de todos os juízes federais que estão trabalhando na Lava Jato”.

Para Jardim, não fazem sentido as recentes alegações  de Lula de que a decisão de Moro é fruto de uma “perseguição” para que ele não seja candidato à Presidência em 2018, pois  a situação da condenação é “absolutamente normal” e já foi vivida por “milhares de brasileiros”.

Violência no Rio

O ministro afirmou durante a entrevista estar preocupado com a situação que vive o Estado do Rio de Janeiro. Segundo ele, o trabalho para conter a violência, com uso da Força Nacional e da Polícia Rodoviária Federal, por exemplo, está sendo feito, mas pode levar anos para trazer resultados. Jardim também não descartou a utilização das Forças Armadas no Estado, caso seja necessário.

Loading...
Revisa el siguiente artículo