Jovens da periferia se apresentam no Carnegie Hall, em Nova York

Por Carolina Santos
| Divulgação Jovens entre 12 e 21 anos se apresentarão em Nova York | Divulgação

Nesta sexta-feira (28), a renomada sala de espetáculo Carnegie Hall, em Nova York, receberá 40 jovens brasileiros da periferia, entre 12 e 21 anos, que participam da Orquestra Instituto GPA. Fruto do Programa de Música & Orquestra Instituto GPA, esta é a primeira orquestra brasileira, com foco social, a ser convidada para se apresentar na sala de espetáculos nos Estados Unidos. Ao longo de 15 anos, o programa já beneficiou mais de 13 mil jovens de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Para alguns desses alunos, essa é a primeira experiência fora do país, o que pode abrir muitas portas para a carreira profissional. O jovem Vitor Hugo, de 17 anos, é um deles. Ele mora no bairro Vila Isabel, em Osasco (SP), e está no programa há 2 anos. “Sempre foi um sonho fazer música e consegui encontrar no Instituto GPA o que procurava ainda mais por ser gratuito, pois não tinha condições de arcar com um curso de música”, conta.

Sob o comando do Maestro Daniel Misiuk, a Orquestra Instituto GPA trará no repertório um toque brasileiro com interpretações de Cesar Guerra Peixe e Adoniran Barbosa, sem deixar de homenagear a cultura americana com musica como New York State Of Mind. Além do Carnegie Hall, a Orquestra fará apresentações no Liberty Science Center (23/11), Nova Jersey , e na I greja St. Paul the Apostle (25/11), Nova York. Haverá ainda um Concerto fechado a convidados no centro de cuidados Isabella Care Center, Nova York.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo