Deputados se articulam para a nova presidência da Câmara Federal

Parlamentares se articula por nova presidência na Câmara Federal | Rodolfo Stuckert/ Agência Câmara Parlamentares se articula por nova presidência na Câmara Federal | Rodolfo Stuckert/ Agência Câmara

Deputados federais voltaram ao trabalho com as atenções voltadas para mais uma eleição: a da presidência da Câmara. A escolha será feita em fevereiro, quando abre a nova legislatura, mas as articulações já começaram.

Líder do PT na Casa, deputado Vicentinho (PT-SP), defende a manutenção da regra de alternância das maiores legendas. Por este critério, o comando do Congresso passaria do PMDB para os petistas.

Boa parte da bancada do PMDB defende a candidatura de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que comandou a rebeldia contra o Palácio do Planalto no início do ano. Já a oposição vai tentar eleger o deputado Júlio Delgado (PSB-MG).

Outra disputa que promete movimentar o Congresso em 2015 é sobre a reforma política, prometida pela presidente reeleita Dilma Rousseff. O atual presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), contesta, porém, a ideia inicial da presidente, que era a de promover um plebiscito sobre o tema.

E ainda há um terceiro conflito previsto para 2015: a apuração de irregularidades na Petrobras. A CPMI aberta no Congresso termina em 2014 e a oposição já se movimenta para iniciar mais uma comissão sobre o assunto.

Loading...
Revisa el siguiente artículo