PMDB é favorito nas urnas no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul

Por lyafichmann

selo-eleicao-metro-eleicoes-2014-150O PMDB deve se consagrar como o partido que mais elegeu governadores nas eleições deste ano. Além dos quatro já garantidos, a legenda pode conseguir outros quatro no segundo turno, e chegar a um total de 8.

Os peemedebistas aparecem à frente nas pesquisas no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro. No Rio, Luiz Pezão (PMDB) tem 46% das intenções de voto ante 37% de Marcelo Crivella (PRB). No Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB) aparece à frente com 53%, enquanto Tarso Genro (PT) tem 36%. Em Rondônia e no Pará, o partido também tem chance.

Na sequência deve aparecer o PT, que elegeu no primeiro turno três governadores, e disputa com chances no Acre e no Ceará.

O PSDB, que reelegeu Geraldo Alckmin em São Paulo, maior colégio eleitoral do país, e Beto Richa, no Paraná, é favorito em Goiás e no Mato Grosso do Sul.

No primeiro turno, 13 Estados já definiram seus governadores. No domingo, serão definidas 14 vagas (13 Estados e o Distrito Federal).

O PSB aparece na frente no DF e na Paraíba. Se ganhar as duas disputas, comandará três Estados porque já levou Pernambuco, no primeiro turno.

O PDT  que elegeu um governador no Mato Grosso, deve levar também o Estado do Amapá. Já o PSD, que reelegeu Raimundo Colombo em Santa Catarina, pode ganhar o Rio Grande do Norte.  O PP, que não ganhou nenhum Estado no primeiro turno, pode levar o governo de Roraima. O PCdoB elegeu Flávio Dino no Maranhão.

Das regiões, a Norte é que a teve mais disputas no segundo turno. Dos sete Estados, seis terão votação no domingo. Nordeste e Centro-Oeste aparecem na sequência com, cada um, três Estados.

1 CLIQUE PARA AMPLIAR
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo