Eleitores desaprovam tom agressivo de candidatos à Presidência

Por lyafichmann

selo-eleicao-metro-eleicoes-2014-150Os eleitores reprovaram o ‘vale-tudo’ usado por Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) para desconstruir o adversário na corrida à Presidência da República. A percepção pelos brasileiros foi apurada por pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira.

O tom do horário eleitoral e dos debates com mais troca de acusações e menos propostas de governo não faz parte da disputa para sete em cada dez entrevistados enquanto 27% consideram normal.

Leia também:
• Dilma e Aécio fazem acordo no TSE para acabar com ataques no horário eleitoral

Para 63% dos eleitores, os candidatos estão muito agressivos contra 29% que opinaram que não há críticas tão pesadas.

O candidato do PSDB é considerado o mais agressivo para 36%; outros 24% acham que a candidata à reeleição do PT é mais agressiva e para um terço dos ouvidos ambos presidenciáveis têm a mesma medida de agressividade.

Intenções de voto

A quatro dias do segundo turno, Dilma e Aécio seguem em empate técnico. A petista está numericamente à frente do tucano, 47% a 43%, mas ainda dentro da margem de erro de dois pontos percentuais.

Considerando apenas os votos válidos, que excluem brancos e nulos e são usados para apuração pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), se as eleições fossem nesta quinta Dilma teria 52% contra 48% de Aécio.

20141023_DF02_pesquisa-presidente-datafolha

Loading...
Revisa el siguiente artículo