Aécio vê pesquisas longe de vontade do eleitor e diz que Dilma já é derrotada

Por Tercio Braga

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, disse nesta quinta-feira, minutos após pesquisas o colocarem atrás de Dilma Rousseff (PT) na disputa presidencial, que os levantamentos não capturaram a vontade do eleitor no primeiro turno e afirmou que a petista já está derrotada, independentemente do resultado eleitoral.

“O que nós vimos no primeiro turno em relação às pesquisas eleitorais foi uma distância muito grande entre a vontade do eleitor e o que as pesquisas manifestavam”, disse o tucano a jornalistas no Rio de Janeiro.

Aécio voltou a lembrar que durante boa parte da campanha do primeiro turno, os levantamentos o colocavam em um distante terceiro lugar e, ainda assim, ele chegou ao segundo turno.

Leia também
• Militantes do PT e PSDB entram em confronto no centro de São Paulo
• Dilma amplia vantagem sobre Aécio na reta final das eleições, apontam pesquisas

“Nós temos todas as chances de ganhar. Nós temos várias pesquisas, de pelo menos três institutos, que estão fazendo pesquisas quase que diárias para nós e nos colocam alguns pontos na frente.”

Os comentários de Aécio foram feitos logo após pesquisas Ibope e Datafolha, divulgadas nesta quinta-feira, mostrarem Dilma pela primeira vez no segundo turno liderando a corrida para além da margem de erro.

O tucano voltou a criticar a estratégia de campanha da presidente e afirmou que, independentemente do resultado da eleição de domingo, Dilma já é derrotada.

“Essa será, sim, uma eleição disputada, eu reconheço. Mas nós vamos vencer”, disse ele.

“Para mim, a candidata oficial já é uma derrotada independente do resultado eleitoral, pela campanha que se permitiu fazer. Isso não honra ninguém, isso não dignifica a política. Portanto, eu vou continuar firme para responder a todos os ataques, mas com enorme determinação de apresentar propostas e, vencendo as eleições, governar para todos os brasileiros.”

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo