Haddad defende Dilma e diz que PSDB não investiga escândalos

Por Carolina Santos
Haddad acompanha debate ao lado de Mercadante | Felipe Redondo/Band Haddad acompanha debate ao lado de Mercadante | Felipe Redondo/Band

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, acompanhou dos estúdios da Band, nesta terça-feira, o primeiro debate do segundo turno entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Para ele, a petista soube destacar as “diferenças” entre os dois partidos no tema corrupção.

“A Dilma respondeu à altura”, afirmou. “O que conta é o fato do tema da punição, ou seja, o combate à impunidade. A Dilma deixou claro que todos os escândalos do PSDB não são investigados.”

“O PSDB tem esse costume, de não levar as consequências sobre as denúncias sobre seus governos”, destacou o prefeito. “Essas são as diferenças. O PT deixa ser investigado sem medo das consequências. A Dilma deixou claro suas propostas contra a corrupção”.

Após o debate na Band, Dilma afirmou que “mostrou diferenças” para Aécio. Já o candidato tucano destacou que a candidata “parecia estar num debate de 20 anos atrás”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo