Aécio Neves diz que Dilma Rousseff desmoralizou reeleição

Por fabiosaraiva
Aécio e Dilma se enfrentarão no segundo turno | Sergio Moraes/Reuters Aécio e Dilma se enfrentarão no segundo turno | Sergio Moraes/Reuters

selo-eleicao-metro-eleicoes-2014-150O candidato do PSDB à presidência,  Aécio Neves, afirmou nesta terça-feira que a presidente Dilma Rousseff desmoralizou a reeleição. “Eu acho que a reeleição faz mal ao Brasil. É uma covardia, uma disputa desigual. E a presidente Dilma acabou por desmoralizar a reeleição.”

O compromisso de Aécio com o fim da reeleição é uma das exigências de Marina Silva (PSB) para apoiar o tucano.

Depois de visitar trabalhadores em um canteiro de obras da construção civil em São Paulo,  Aécio afirmou que a proposta já consta em seu plano de governo, mas que a aprovação do texto e a mudança na legislação não dependem só dele. É preciso ouvir governadores, prefeitos e o Congresso, a quem cabe a decisão final.

Em nota, o PSB desmentiu os rumores de que Marina e o partido já teriam decidido apoiar Aécio no segundo turno. Segundo a legenda, a decisão só será tomada amanhã, em uma reunião que contará com representantes de todos os partidos da coligação. Marina também publicou uma nota, em sua página no Facebook. “Na quinta-feira, dia 9, Marina Silva e as demais lideranças dos partidos aliados participarão de encontro para construir um posicionamento comum sobre a continuidade da disputa pela presidência”. A nota diz ainda que os resultados de 5 de outubro “refletiram uma posição de insatisfação com as condições existentes no Brasil, expressando sentimentos de mudanças”.

Dilma, por sua vez, prepara uma ofensiva no Nordeste, onde teve uma grande vantagem sobre o tucano no primeiro turno. O comitê petista já preparou viagens para o Piauí, Bahia, Sergipe e Alagoas nos próximos dias.

A presença do ex-presidente Lula está prevista, mas ainda não se sabe em quais Estados ele estará ao lado de Dilma. O PT tenta acertar na Paraíba apoio do candidato à reeleição, o pessebista Ricardo Coutinho, que disputa o governo com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). No primeiro turno, Coutinho apoiou Marina.

debate-segundo-turno Clique na imagem para enviar o e mail

Além da região, Dilma tem eventos marcados nesta semana em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Minas e São Paulo.

Horário eleitoral

Com a proclamação do resultado do primeiro turno nesta terça-feira, o horário eleitoral recomeça na noite de amanhã. PT e PSDB terão 10 minutos cada um. Os candidatos a governador nos Estados onde há segundo turno também terão 10 minutos cada um.

Carta do PSB

“A ex-candidata à Presidência da República pela Coligação Unidos pelo Brasil, Marina Silva, vem a público reafirmar o processo definido pelos partidos que integram a aliança para contribuir para o debate do segundo turno da disputa presidencial:

1 – Os resultados das eleições refletiram uma posição de insatisfação com as condições existentes no Brasil expressando sentimentos de mudanças.

2 – Os partidos da Coligação promoverão até amanhã, dia 8 de outubro, reuniões de suas instâncias deliberativas para definirem os pontos que consideram relevantes para a formulação de posicionamento conjunto das legendas aliadas.

3 – Na quinta-feira, dia 9, Marina Silva e as demais lideranças dos partidos aliados participarão de encontro para construir um posicionamento comum da Coligação sobre a continuidade da disputa pela Presidência da República.

4 – Marina Silva também contribuirá para a construção de uma posição da Rede Sustentabilidade nesse processo de unidade da Coligação.

5 – As opiniões individuais de cada partido, dirigentes e lideranças políticas das agremiações neste momento de construção devem ser respeitadas mas não refletem em nenhuma hipótese a opinião da ex-candidata.”

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo