Joaquim Barbosa tem registro negado pela OAB

Por Tercio Braga

Sob a acusação de ferir a ética profissional, o ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa está proibido de exercer a carreira de advogado. O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no Distrito Federal, Ibaneis Rocha, impugnou o pedido de registro profissional feito pelo ex-ministro para atuar em consultoria jurídica.

Dois episódios envolvendo Barbosa quando era presidente do STF, alvo de desagravo da OAB, corroboram a decisão: as acusações contra o ex-ministro Maurício Corrêa de pressionar a Corte para priorizar os seus processos e, mais recentemente, de acusar o advogado José Gerardo Grossi de fazer uma ‘ação entre amigos’ ao contratar José Dirceu para trabalhar no seu escritório como cumprimento da pena no regime semiaberto.

O despacho do presidente da OAB/DF será submetido à comissão de seleção da entidade que terá 5 dias para emitir um parecer.

Caso a decisão seja mantida, Barbosa poderá recorrer à Justiça ou tentar o registro profissional em outra seccional da OAB.

joaquim-barbosa-presidente-oab


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo