Dilma se mantém, Marina cai e Aécio sobe, aponta o Datafolha

Por Tercio Braga

selo-eleicao-metro-eleicoes-2014-150Dilma Rousseff (PT) consolida, nessa reta final, o favoritismo na corrida eleitoral. Divulgadas nesta terça-feira, as pesquisas Datafolha e Ibope apontam para alta da  presidente, que deve apenas esperar a definição de quem vai enfrentar no segundo turno: Marina Silva (PSB) ou Aécio Neves (PSDB).

A candidatura de Marina enfrenta um processo de desidratação. No Datafolha, a diferença entre Dilma e a ex-senadora é de 15 pontos percentuais (40% a 25%). Há 20 dias, elas apareciam tecnicamente empatadas –Dilma 36% e Marina 33%.

No Ibope, a presidente tem 14 pontos de vantagem. No início do mês, eram apenas quatro.

Aécio Neves (PSDB)  mantém a esperança de ir para o segundo turno. Apesar do crescimento do tucano ter ficado dentro da margem de erro, ele vê suas chances aumentarem por conta da retração de Marina Silva.

A distância da ex-senadora para o tucano, que variou entre 10 pontos (Ibope) e 9 pontos (Datafolha) na semana passada, caiu para 6 e 5 pontos, respectivamente.

Segundo turno

Dilma também ampliou a vantagem sobre a candidata do PSB na disputa de segundo turno.

No Datafolha, o cenário de  empate técnico com Marina — considerando a margem de erro — deu lugar a uma diferença de oito pontos: 49% a 41%.

No Ibope, Dilma aparece com quatro pontos de vantagem– 42% a 38%. No levantamento anterior, as duas estavam empatadas.

Os dois institutos fizeram simulações  de 2º turno entre Dilma e Aécio. No Datafolha, a presidente seria reeleita com 50% a 41%.  Já no Ibope, a petista vence com  45% a 35%.

Clique para ampliar Clique para ampliar
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo