Dilma abre 14 pontos de vantagem sobre Marina, aponta Índice Band

Por Tercio Braga
Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) | Bruno Santos e Ueslei Marcelino/Reuters Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) | Bruno Santos e Ueslei Marcelino/Reuters

O Índice Band mostra que a presidente Dilma Rousseff abriu vantagem de 14 pontos sobre Marina Silva no primeiro turno. Na disputa do segundo turno, Dilma ultrapassou Marina e venceria a Eleição. Os dados são coordenados pelo cientista político Antonio Lavareda, que transforma as intenções de voto das pesquisas em votos válidos.

Dilma Rousseff, do PT, tinha 43% dos votos válidos no dia 12 de setembro, e agora está com 45%. Marina Silva, do PSB, tinha 37% e caiu para 31%. Aécio Neves, do PSDB, subiu de 17 para 21% dos votos válidos.

Pastor Everaldo, do PSC e Luciana Genro, do PSOL, têm 1% cada. Os outros candidatos juntos somam 1%.

No segundo turno, Dilma subiu de 48% para 51% dos votos válidos e venceria Marina, que caiu de 52% para 49%.

Num eventual segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista venceria por 57% a 43% dos votos válidos.

Na avaliação do governo, o índice ótimo ou bom subiu de 37% para 39%. Regular caiu de 38% para 35%. E o índice ruim ou péssimo se manteve em 25%.

O Índice Band fez uma média ponderada das últimas pesquisas Ibope, CNT/MDA, Vox Populi, Datafolha e CNI/Ibope.

Loading...
Revisa el siguiente artículo