Justiça Federal nega acesso às informações da delação de ex-diretor da Petrobras

Por Carolina Santos
Paulo Roberto Costa durante depoimento na CPMI da Petrobras | Geraldo Magela/Agência Senado Paulo Roberto Costa durante depoimento na CPMI da Petrobras | Geraldo Magela/Agência Senado

A Justiça Federal do Panará negou ontem o acesso aos documentos e depoimentos do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa pedido pela CPI mista da Petrobras, CGU (Controladoria Geral da União) e pela própria estatal.

A investigação é feita sob sigilo e o material produzido é criptografado. O eventual vazamento de informações do inquérito poderia comprometer a concessão do benefício e anular provas. A confirmação da delação premiada – quando o acusado revela detalhes da prática criminosa em troca de redução de pena – depende de decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki.

Leia também:
• Dilma diz que Costa tinha credenciais para ser o diretor da Petrobras

Apelo da CPI

A CPI insistirá em ter acesso imediato à documentação e tentar confirmar a participação de parlamentares, governadores e ministro no esquema de distribuição de propina em cima de valores de contratos da Petrobras para a construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

Nesta terça, a cúpula da CPI marcou encontro com o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, e com o relator do caso, ministro Teori Zavascki. A oposição chamará a atenção para que a confirmação do escândalo venha a público antes das eleições. “A população tem direito de saber em quem está votando”, afirmou o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), lembrando que, em 2006, a denúncia do escândalo dos sanguessugas foi revelado em 27 de setembro e dos 76 parlamentares citados, 67 não foram reeleitos.

A Justiça do Paraná autorizou o acesso da CPI ao depoimento da ex-contadora do doleiro Alberto Yousseff, que teria revelado que a existência de um esquema que usava notas frias e empresas de fachada para fazer pagamento com malas de dinheiro para parlamentares e enviar dinheiro para o exterior.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo