Alberto Youssef é condenado por fraude no Banestado

Por Tercio Braga
Youssef foi preso na Operação Lava Jato da Polícia Federal | Sérgio Lima/Folhapress Youssef foi preso na Operação Lava Jato da Polícia Federal | Sérgio Lima/Folhapress

A Justiça Federal condenou o doleiro Alberto Youssef a quatro anos de prisão por fraudes no antigo Banco do Estado do Paraná, o Banestado.

Ele está preso desde março acusado de chefiar o esquema de corrupção desmantelado na Operação Lava Jato da Polícia Federal.

Segundo as investigaçãos, a fraude que chegaria a R$ 10 bilhões. O escândalo levou para a cadeia até o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que citou nomes de diversos políticos que estariam envolvidos no esquema.

O deputado Luiz Argôlo (SD-BA) já admitiu em depoimento a integrantes do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados ter recebido dinheiro do doleiro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo