Dilma e Marina empatam nos dois turnos, aponta Datafolha

Por Tercio Braga
Marina Silva e Dilma Rousseff estão tecnicamente empatadas em eventual segundo turno | Ueslei Marcelino/Reuters Marina Silva e Dilma Rousseff estão tecnicamente empatadas em eventual segundo turno | Ueslei Marcelino/Reuters

selo-eleicao-metro-eleicoes-2014-150Duas novas pesquisas divulgadas nesta quarta-feira – do Datafolha (encomendada pela TV Globo e pela Folha de S.Paulo) e do Vox Populi (encomendada pela Carta Capital) – revelam que a candidata à reeleicão, Dilma Rousseff (PT), e a ex-senadora Marina Silva (PSB) estão empatadas tecnicamente nas intenções de voto em um cada vez mais provável segundo turno. Aécio Neves (PSDB) segue patinando em terceiro.

Segundo o Datafolha, Dilma cresceu dois pontos no primeiro turno, indo a 36% das intenções de voto. Marina caiu um, de 34% para 33%. A diferença, que era de um ponto percentual na pesquisa anterior, chegou a três, mas segue em empate técnico. Aécio foi de 14% para 15%.

No segundo turno, a diferença entre as duas candidatas à frente nas pesquisas caiu de sete pontos a favor de Marina para quatro, configurando também, pela primeira vez desde 18 de agosto, um empate técnico, pois a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Aécio perderia em segundo turno para qualquer uma das duas rivais.

Vox Populi

Em outra pesquisa, divulgada pela “Carta Capital”, Dilma aparece com vantagem de oito pontos à frente de Marina no primeiro turno: 36% a 28%. As duas candidatas estão em empate técnico na simulação de segundo turno. A ex-senadora tem 42% contra 41% da presidente. Aécio tem 15% no primeiro turno e perderia para Dilma no segundo turno por 44% a 36%.

O levantamento também apontou altas taxas de rejeição: o tucano tem 45%, Dilma, 42% e Marina, 40%.

No segundo turno, a situação é a mesma entre Dilma e Marina: enquanto a petista teve 43% das intenções de votos, Marina registrou 47%. É a primeira vez que as opositoras empatam em uma sondagem para a segunda rodada da eleição.

datafolha-presidente-10082014

Loading...
Revisa el siguiente artículo