Em entrevista ao Band Eleições, Padilha diz querer integrar polícias em SP

O candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, defendeu na noite desta segunda-feira a integração entre as polícias para combater a criminalidade no Estado. O petista participou do programa Band Eleições.

“Quero criar a Força Paulista de Segurança. Hoje a polícia atua uma para cada lado”, afirma Padilha. “Por exemplo: na Cracolândia, a Guarda Civil tem um centro de controle para identificar os traficantes e prender. Poderíamos unir a Polícia Civil para descobrir quem é o peixe grande que fornece a droga”.

Padilha afirmou que essa experiência foi testada com sucesso no Mundial. “Funcionou bem durante a Copa a integração. E vai funcionar em São Paulo também. O Estado tem de ser exemplo para o resto do Brasil”.

O petista também comentou no Band Eleição o suposto envolvimento de membros do governo no escândalo de corrupção da Petrobras. “O governo mostra que a Polícia Federal tem autonomia. É diferente do PSDB em São Paulo”.

Padilha diz que PT combate a corrupção

O candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, afirmou na noite desta segunda-feira que o suposto envolvimento de membros do governo Dilma Rousseff no escândalo da Petrobras não irá influenciar nas eleições.

“O PT defende o debate ao combate à corrupção”, afirmou Padilha em entrevista ao programa Band Eleições. “O governo mostra que a Polícia Federal tem autonomia. É diferente do PSDB. Em São Paulo, o PSDB indicou para o Tribunal de Contas um nome envolvido no escândalo do cartel do metrô”.

 

Padilha defendeu mais investigações sobre os nomes que foram entregues pelo ex-diretor de refino e abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa. “Faltam documentos. Tanto a Marina Silva quanto o Aécio Neves não têm autoridade para falar, pois foi o próprio governo que desmontou a quadrilha através da PF”.

O candidato petista afirmou que, se for eleito, irá criar em São Paulo a Controladoria Geral do Estado. “Na época do PSDB, era engavetador geral da República. O PT acabou com isso. O PSDB sempre colocou a corrupção embaixo do tapete”.

Mais Médicos

Ex-ministro da Saúde, Padilha defendeu o programa Mais Médicos e afirmou que pretende dar o segundo passo se for eleito governador. “Uma pesquisa essa semana mostra que 83% dos atendidos aprovam o programa. Vou ajuda na criação de mais faculdades de medicina no Estado, para criar o Mais Médicos Especialistas”.

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo