Empréstimo de avião foi legal, afirma Marina ao JN

Por Tercio Braga
Candidata Marina Silva, do PSB | André Porto/Metro Candidata Marina Silva, do PSB | André Porto/Metro

Em entrevista ao Jornal Nacional, da rede Globo, Marina Silva (PSB) afirmou que foi legal o empréstimo do avião que era utilizado por ela, ainda como vice, e por Eduardo do Campos (PSB) para o cumprimento dos compromissos de agenda.

A aeronave caiu no dia 13, em Santos, matando o ex-governador e mais seis pessoas. Investigações da PF (Polícia Federal) apontam que o avião estava em nome de “laranjas”, já que o empresário apontado como proprietário do aparelho decretou falência.

Segundo a candidata, o empréstimo ficou sob a responsabilidade do comitê de Campos e, como prevê a legislação eleitoral, seria devolvido no final da campanha. “Em relação aos proprietários da aeronave, cabe a Polícia Federal investigar essa situação.”

Entrevista

O tucano Aécio Neves participou de uma entrevista no jornal “O Estado de S. Paulo”. O candidato afirmou que, caso seja eleito, cortará um terço dos 22 mil cargos comissionados da máquina federal.  Ele criticou a falta de dinamismo do atual governo, cujo resultado é a estagnação econômica.

A presidente Dilma Rousseff (PT) cumpriu agenda no Rio de Janeiro. Ao lado do candidato ao governo fluminense Anthony Garotinho (PR), ela visitou um restaurante popular em Bangu, na zona oeste. 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo