Confira as declarações dos candidatos na chegada para o debate

Por Tercio Braga
Aécio Neves | Band Aécio Neves | Band

O candidato do PSDB, Aécio Neves, chegou sob chuva à sede do Grupo Bandeirantes, na noite desta segunda-feira (26), para participar do debate entre os presidenciáveis da eleição de 2014.

O tucano deu pouca importância à última pesquisa eleitoral, feita pelo Ibope, na qual ficou na terceira posição nas intenções de voto, abaixo de Dilma Rousseff (PT), que continua liderando, e Marina Silva (PSB), que alcançou a segunda colocação – o lugar era mantido por Aécio até então.

“A pesquisa não vai mudar nada na campanha”, garantiu Aécio, que ainda disse querer ver uma “mudança verdadeira” no cenário político brasileiro.

O debate da Band acontece às 22h e, além da transmissão televisiva, também poderá ser acompanhado ao vivo pelo Portal da Band.

Dilma Rousseff: não comento pesquisas

Dilma Rousseff | Band Dilma Rousseff | Band

A presidente Dilma, candidata à reeleição pelo PT, foi a última a chegar à sede do Grupo Bandeirantes para participar do debate entre os presidenciáveis da eleição de 2014.

A petista não quis comentar a pesquisa eleitoral, divulgada mais cedo pelo Ibope, na qual continua liderando o primeiro turno, com 34% das intenções de voto, mas que perderia para Marina na segunda etapa da eleição.

“Não comento pesquisas. Todas elas são relativas, um retrato do momento. A campanha está só começando”, explica a presidente.

PT diz que não está preocupado com Marina

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, chegou à sede da Bandeirantes antes da presidente Dilma Rousseff e declarou que ela está muito bem preparada para o primeiro debate entre os candidatos à presidência. Ele também falou que o partido não está preocupado com os crescimento de Marina Silva nas pesquisas.

“Estamos tranquilos e vamos continuar tendo a oportunidade de mostrar em programas de TV muitas coisas que o povo não sabe. A presidente está tranquila, serena e muito bem preparada para o debate. A campanha da Marina é problema do PSB, não nosso”, disse ele.

Segundo Rui Falcão, o PT trabalha com uma pesquisa interna que mostra uma vantagem maior de Dilma para Marina, mas que mesmo assim estão focados apenas no primeiro turno, para só depois pensar no segundo.

Pastor Everaldo pretende servir ao cidadão

pastor-everaldo-band Pastor Everaldo | Band

O Pastor Everaldo, candidato à Presidência pelo PSC, disse que pretende expor na noite desta segunda-feira (26), no debate da Band, novas propostas para o povo.

Segundo ele, seu partido quer “um governo que sirva ao cidadão, à família brasileira”, coisa que não acontece com a atual administração do país.

Marina quer evitar ‘guerra’ no debate

A candidata Marina Silva (PSB) è presidência da República chegou a sede da TV Bandeirantes querendo evitar uma “guerra” entre os candidatos para o debate. Para ela, o importante é que todos possam mostrar suas ideias para os eleitores.

“Não é o confronto, é sim o diálogo que a sociedade quer ver, são as ideias dos candidatos. Eles estão cansados de ver uma guerra entre os candidatos e no final não saberem com que eles se comprometerão. Vamos discutir com a sociedade e que cada candidato possa mostrar suas propostas”, disse ela.

O debate da Band acontece às 22h e, além da transmissão televisiva, também poderá ser acompanhado pelo Portal da Band.

Luciana Genro chega ao lado de Jean Wyllys

Luciana Genro | Band Luciana Genro | Band

A candidata do PSOL à presidência, Luciana Genro, chega à sede do Grupo Bandeirantes ao lado do deputado federal Jean Wyllys, do mesmo partido.

Para Luciana Genro, o debate é a oportunidade mais democrática para todos os candidatos exporem suas ideias, já que o tempo de TV e o financiamento de campanhas é bem maior para partidos com maior representatividade.

Durante o debate, a candidata do PSOL espera mostrar ao eleitor as “similitudes” entres os três principais candidatos ao cargo, que representam “os mesmos interesses”.

Eduardo Jorge quer fazer reforma radical

Eduardo Jorge | Band Eduardo Jorge | Band

O candidato à presidência pelo PV, Eduardo Jorge, chegou à sede da Bandeirantes para o primeiro debate entre os presidenciáveis propondo uma reforma geral em Brasília.

Entre as propostas dele, está uma maior divisão dos recursos públicos entre união e municípios. Na visão dele, “Brasília quer mandar em tudo” e é nas cidades que as políticas públicas devem ser exercidas.

Eduardo Jorge também falou sobre o financiamento de campanha e que luta para que ela seja apenas pública e de pessoas físicas. Ele inclusive declarou que não aceita doações de empresas.

Levy Fidelix: é importante continuar concorrendo

levy-fidelix-band620 Levy Fidelix | Band

O candidato Levy Fidelix (PRTB) foi o primeiro a chegar para o debate da entre presidenciáveis que acontece na noite desta terça-feira (26) na Band, o primeiro encontro entre os que concorrem ao cargo na eleição de 2014.

Fidelix adiantou que quer cobrar a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, sobre os resultados da economia.

Veterano em eleições, o político já foi candidato à Presidência, assim como concorreu à Prefeitura e ao Governo de São Paulo, onde ficou famoso por querer construir o Aerotrem, mas nunca ganhou.

Apesar disso, ele disse na noite de hoje que “acha importante continuar concorrendo para expor suas ideias”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo