PSB fecha chapa com Beto Albuquerque para vice de Marina

Por Tercio Braga
Marina foi à missa de 7º dia de Campos, em Brasília | Joel Rodrigues/Folhapress Marina foi à missa de 7º dia de Campos, em Brasília | Joel Rodrigues/Folhapress

Marina Silva será anunciada nesta quarta-feira como candidata à presidência e terá como vice o deputado Beto Albuquerque, do Rio Grande do Sul. A nova chapa foi fechada na terça, durante reunião da cúpula do PSB, em Recife (PE).

selo interno Eleições-2 Clique e saiba como mandar sua pergunta

O escolhido teve o aval de Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, presidenciável morto na semana passada num acidente aéreo. Ela chegou a ser convidada para assumir a função, mas recusou.

Marina ainda enfrenta dilemas com as alianças regionais. A Rede Sustentabilidade foi contra os acordos fechados em oito Estados pelo presidenciável (veja quadro abaixo).

Beto Albuquerque tem o perfil negociador e terá a missão de discutir os acordos.

Internamente, o PSB avaliou ser importante a presença de Marina em palanques estratégicos como Paraná e São Paulo. Para evitar constrangimento, o PSB desistiu de apresentar uma ‘carta compromisso’ e deu autonomia à candidata.

Na terça, durante a missa de sétima dia de Campos, na catedral de Brasília, Marina homenageou o ex-governador de Pernambuco.

“Um homem que, mesmo diante da descrença, não se rendeu às criticas e até o último momento, pediu que não desistíssemos de lutar pelo Brasil”, disse.

palanques-problematicos

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo