Marina atrai eleitor jovem, mais rico e escolarizado, diz Datafolha

Por Carolina Santos
Marina atrai público jovem e rico | Divulgação/PSB Marina atrai público jovem e rico | Divulgação/PSB

A ex-ministra Marina Silva, nome dado como certo para ser candidata pelo PSB à Presidência da República, atrai um eleitor jovem, bem escolarizado, que mora em cidade grande e tenha uma renda alta, aponta a pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira, dia 19.

Aqueles com ensino superior formam o maior grupo que votaria em Marina, com 30% dos votos, um ponto a menos que Aécio Neves, candidato pelo PSDB, e nove acima da presidente Dilma Rousseff.

O segundo melhor desempenho de Marina está entre os que vivem em famílias com renda entre cinco e 10 salários mínimos, tendo 29% dos votos. A candidata também se destaca nas cidades grandes e entre eleitores com até 24 anos, com 28%.

Leia também:
•Marina diz que trajetória de Eduardo Campos não pode ser esquecida

Intenções de voto

A pesquisa Datafolha, a primeira realizada logo após a morte de Eduardo Campos, mostrou que Marina Silva em segundo lugar, com 21% das intenções de voto. A presidente Dilma (PT) apareceu em primeiro lugar, com 36%; e Aécio Neves (PSDB), com 20%.

Se as eleições fossem hoje, haveria segundo turno. Contra Marina Silva, Dilma apresenta 43% das intenções de voto, enquanto a ex-senadora possui 47%. Já contra Aécio Neves, a petista tem 47% contra 39% do tucano.

Marina venceria Dilma com folga se dependesse apenas dos eleitores que têm ensino superior: 65% a 24%. Entre os jovens, ela venceria por 57% a 38%. A vantagem de Marina aumenta conforme crescem a renda e o tamanho do município: em cidades com mais de 500 mil habitantes, ela ganharia por 55% a 35%.

O levantamento foi encomendado pelo jornal Folha de S. Paulo. Foram ouvidos 2.843 eleitores em 176 municípios entre os dias 14 e 15 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo