Sob aplausos e gritos de "guerreiro", Eduardo Campos é enterrado

Por Carolina Santos
Campos foi enterrado no início da noite deste domingo | Ricardo Moraes/Reuters Campos foi enterrado no início da noite deste domingo | Ricardo Moraes/Reuters

O corpo de Eduardo Campos foi enterrado no início da noite deste domingo, no Cemitério de Santo Amaro, em Recife. Ele foi sepultado no túmulo de seu avô, o ex-governador do estado Miguel Arraes. O candidato à Presidência da República pelo PSB morreu tragicamente em um acidente aéreo em Santos, na última quarta-feira.

A despedida foi acompanhada de perto por parentes, amigos e admiradores, que entoaram o canto “Eduardo, guerreiro, do povo brasileiro”, no momento do sepultamento. Uma grande queima de fogos de artifício também marcou as últimas homenagens ao ex-governador de Pernambuco.

Leia também:
•Corpos dos pilotos do avião de Campos são sepultados
•Dilma, Lula, Alckmin e Aécio vão ao velório em Recife
PSB grava novos programas e indica Marina como candidata
Próximo à cova, apenas a familia e amigos. Houve chuva de flores. O último adeus ao pai, irmão, filho, tio, neto, sobrinho foi observado atentamente pela multidão, que gritava pedindo justiça e que as causas do acidente sejam esclarecidas.

Durante todo o dia, milhares de pessoas lotaram Palácio do Campo das Princesas para acompanhar o velório. A chegada dos restos mortais ao largo da Praça da República, no centro da capital, foi marcada por uma enorme comoção. Segundo a Polícia Militar, entre 2h e 13h deste domingo, 130 mil pessoas passaram pelo velório.

Pela manhã, uma missa foi realizada em frente ao Palácio e contou com a presença de vários políticos, como a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula, o ex-governador de São Paulo José Serra, o ex-ministro da Saúde e candidato ao governo paulista Alexandre Padilha e o candidato à presidência pelo PSDB, Aécio Neves.

Marina Silva, que era candidata à vice na chapa de Campos, passou grande parte do tempo ao lado da esposa dele, Renata Campos, e dos cinco filhos do casal.

Com o sepultamento do maior nome do partido, o PSB agora buscará unidade em torno do nome de Marina Silva para prosseguir a disputa pela Presidência da República.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo