Corpo de Eduardo Campos é velado em Pernambuco

Por Carolina Santos
Velório ocorre desde a madrugada de domingo | Ricardo Moraes/Reuters Velório ocorre desde a madrugada de domingo | Ricardo Moraes/Reuters

São velados neste domingo os corpos de Eduardo Campos, seu assessor de imprensa, Carlos Percol, e do fotógrafo Alexandre Severo, ambos mortos no acidente de avião ocorrido na última quarta-feira, em Santos, no litoral de São Paulo. Uma multidão faz fila para passar em frente aos caixões, instalados do lado de fora do Palácio Campo das Princesas, no Recife.

Outro envolvido no acidente que foi para Pernambuco, o cinegrafista Marcelo Lyra, seguiu para o Cemitério Morada da Paz, na cidade de Paulista, em vez do Palácio do Campo das Princesas. Isso porque a família dele optou por fazer uma cerimônia reservada.

Após passarem por autópsia no IML (Instituto Médico Legal) de São Paulo, os corpos chegaram ao Recife por volta de 0h deste domingo. No caso de Eduardo Campos, ele foi recebido pela mulher, Renata Campos, os cinco filhos do casal, a candidata a vice na chapa do PSB na disputa à Presidência da República, Marina Silva, e o governador pernambucano, João Lyra.

Logo em seguida, o corpo de Campos foi levado em carro aberto do Corpo de Bombeiros pelas principais ruas da capital pernambucana até chegar ao Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do Estado. Os corpos de Carlos Percol, Alexandre Severo e Marcelo Lyra foram levados em carros fúnebres.

[metrogallerymaker id=”311″]

Corpo de assessor é enterrado

O caixão com os restos mortais do jornalista Carlos Augusto Ramos Leal Filho – conhecido como Carlos Percol, assessor de imprensa do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República  Eduardo Campos – foi levado do Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do Estado, para o Cemitério de Santo Amaro, na capital pernambucana, onde ocorreu o enterro. O corpo do assessor era velado desde a madrugada.

Percol é uma das sete vítimas do acidente aéreo da última quarta-feira, ocorrido em Santos, litoral de São Paulo, que matou Campos, quatro membros de sua equipe e os dois pilotos da aeronave.

Os restos mortais de Percol eram velados junto com os de Eduardo Campos e o do fotógrafo Alexandre Severo, que também morreram no desastre. O caixão do assessor de imprensa foi levado por sua família e pela viúva, Cecília Ramos.

O corpo de outro envolvido no acidente que foi para Pernambuco, o do cinegrafista Marcelo Lyra, seguiu para o Cemitério Morada da Paz, na cidade de Paulista, em vez do Palácio do Campo das Princesas. Isso porque a família dele optou por fazer uma cerimônia reservada.

Outra vítima do acidente, o ex-deputado Pedro Valadares, será enterrada por volta das 16h deste domingo, no Sergipe.

 

Piloto e copiloto

Cerca de 200 pessoas acompanharam neste domingo o enterro do piloto Marcos Martins, que conduzia o avião de Eduardo Campos. O sepultamento ocorreu por volta das 12h30, no Cemitério Municipal de Maringá, no Paraná.

Marcos Martins tinha 20 anos de experiência como piloto e deixa a mulher e dois filhos pequenos, como informa o repórter Felipe Harmata, da BandNews FM Curitiba.

Já o corpo do copiloto do avião de Eduardo Campos, Geraldo Magela, foi enterrado no início da tarde deste domingo, em Governador Valadares, no leste de Minas Gerais, segundo Leonardo Leal, repórter da BandNews FM BH. O velório começou ontem à noite.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo