PSB sela acordo para ter Marina no lugar de Campos

Por Carolina Santos
Marina Silvadeve assumir o lugar de Campos | Kevin David/Brazil Photo Press/Folhapress Marina Silvadeve assumir o lugar de Campos | Kevin David/Brazil Photo Press/Folhapress

Horas após Marina Silva aceitar ser cabeça de chapa da coligação Unidos para o Brasil, em substituição ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que morreu quarta-feira (13), em acidente aéreo em Santos, o PSB, partido de Campos, se convenceu internamente a apoiar a candidatura da ex-senadora. O anúncio oficial deve sair na próxima quarta-feira, segundo o jornal “Folha de S. Paulo”.

De acordo com a publicação, só faltava o aval do novo presidente do PSB, Roberto Amaral, para o partido ter Marina Silva como sua candidata à Presidência da República. A discussão agora é para ver quem será o vice na chapa.

Para o posto em questão, o favorito é o deputado gaúcho Beto Albuquerque, que hoje disputa o Senado – segundo a “Folha de S. Paulo”. O certo é que o PSB é quem terá a missão de indicar o vice na chapa de Marina Silva.

Aos 56 anos, Marina Silva vai disputar sua segunda eleição para a Presidência da República. A primeira foi em 2010, pelo PV, quando ficou em terceiro lugar na disputa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo