PMDB é o partido que recebeu mais doações para campanhas

Por lyafichmann
selo interno Eleições-2 Clique e saiba como mandar sua pergunta

O PMDB foi o partido que mais recebeu recursos no primeiro mês de campanha eleitoral, segundo prestação de contas divulgada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Do total de R$ 123,77 milhões arrecadados por 25 partidos, o PMDB contabilizou R$ 34,57 milhões, ou seja, 27,9% do total. Sete legendas (PDT, PSL, PTN, PCB, PCO, PTC e PEN) informaram não ter recebido nada.

Os recursos divulgados pelo TSE foram recebidos diretamente pelos diretórios nacionais dos partidos. As doações ainda são permitidas para contas da campanha de candidatos ou para os comitês financeiros.

O restante foi arrecadado por doações de empresas privadas ou por pessoas físicas.

Dos R$ 123,77 milhões recebidos, R$ 14,13 milhões (11,4%) vieram do fundo partidário, recurso público recebido pelo partido e que foi repassado para a utilização nas campanhas eleitorais.  Os candidatos à presidência receberam juntos R$ 31,17 milhões. Dentro desse valor, há o repasse do diretório nacional para a conta do candidato ou do comitê financeiro.

Gastos 

Das 32 legendas, 25 declararam que gastaram R$ 114,94 milhões em despesas. O maior gasto registrado também é do PMDB. Sete partidos – PROS, PDT, PSL, PCB, PCO, PTC e PEN – informaram não ter efetuado nenhum gasto.

O PSDB declarou ter utilizado R$ 1,17 milhão no primeiro mês de campanha para arcar com custos de processos judiciais ou consultorias jurídicas. As outras legendas não especificaram os gastos.

Empresas

Cerca de 54% das doações de todos os partidos vieram de dez empresas, responsáveis pelos maiores valores arrecadados pelos partidos.

A maior doadora é a JBS-Brasil, que distribuiu R$ 27,3 milhões para os diretórios nacionais de PR, PSD, PP, Solidariedade e PRP. Maior empresa de carnes do mundo, a empresa também fez doações diretamente para os presidenciáveis do PT, PSDB e PSB.

Esta deve ser a última eleição presidencial em que empresas pode  realizar doações para partidos e candidatos. No ano passado, a maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) considerou ilegal essa prática. Mas o julgamento ainda não foi concluído. A expectativa é de que ele seja retomado no ano que vem, mas a proibição só deverá valer a partir de 2016.

Pessoas físicas

O PP recebeu a maior doação de pessoa física, no valor de R$ 100 mil. A menor foi de R$ 0,10, ao PSDB. Sessenta e três pessoas doaram R$ 10 para partidos diversos.

O início da arrecadação para a campanha eleitoral foi autorizado a partir do término do registro das candidaturas, em 5 de julho.

Os valores foram arrecadados até 2 de agosto, último dia para a apresentação da primeira prestação de contas parcial.

Eleitorado

O total de eleitores entre 16 e 17 anos sofreu redução de mais de 30%, em relação ao eleitorado de 2010, ano da última eleição presidencial.

Em 2010, havia 2,39 milhões de eleitores nessa faixa etária. Em 2014, são 1,63 milhão. Há quatro anos, 900 mil jovens com 16 anos estavam aptos a votar. Nesta eleição, são 480 mil – 47% menos. Já os jovens de 17 anos somavam 1,49 milhão em 2010. Agora, são 1,15 milhão de inscritos – redução de 22%.

Já o eleitorado acima de 60 anos aumentou. Nas eleições de 2010,eram  20 milhões. este ano, serão 24,2 milhões – uma alta de 20%.

Exterior

Em todo o país, 142,8 milhões de pessoas estão aptas para votar nas eleições deste ano. O número é 5,1% maior do que há quatro anos. Um dos principais destaques foi o crescimento de 76,7% no eleitorado que vive no exterior. Em 2010, era 200 mil brasileiros fora do país que se cadastraram para votar no presidente.

Neste ano, serão 354,1 mil divididos em 118 países, sendo que o maior número está nos Estados Unidos – 112,2 mil (31,6% do eleitorado no exterior).

No Brasil, a região Sudeste segue como a que tem maior eleitorado (43,4%), seguida por Nordeste (26,8%), Sul (14,7%), Norte (7,57%) e Centro-Oeste (7,17%). O Estado de São Paulo é o maior colégio eleitoral do país, com 22,4% dos eleitores. O Estado com menos eleitores é Roraima – 299,5 mil.

eleições

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo