Aécio Neves diz que vai combater tráfico de drogas

Por lyafichmann
Aécio Neves é o candidato do PSDB | José Cruz/ ABr Aécio Neves é o candidato do PSDB | José Cruz/ ABr

O candidato à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB), disse nesta sexta-feira que, se eleito, pretende combater o tráfico de drogas, com reforço do controle das fronteiras.

“O aumento do tráfico e do consumo de drogas no Brasil é uma das maiores tragédias do nosso tempo. Tragédias que vêm acabando com a vida de inúmeras, milhares de famílias do Brasil inteiro, e a questão das drogas tem que ser tratada em duas vertentes. A primeira, o tráfico com controle das nossas fronteiras, com polícia, com inteligência, com tudo que não vem acontecendo até aqui. E a segunda vertente, é a da dimensão da vida”, disse.

Leia também:
• ‘Preciso do voto do povo e da graça de Deus’, diz Dilma
• Eduardo Campos propõe fundo nacional de segurança

O tucano visitou um centro de tratamento de dependentes químicos, acompanhado do governador de São Paulo e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin, em Botucatu, no interior paulista.

selo interno Eleições-2 Clique e saiba como mandar sua pergunta

O candidato também disse que, se eleito, vai investir em parcerias com os estados para garantir a segurança pública.  “Não há nenhuma parte do mundo em que o governo federal não tenha uma parcela de responsabilidade em relação à criminalidade. O [combate ao] tráfico de drogas, de armas e controle das fronteiras são responsabilidades da União. O que o governo vem fazendo é a terceirização de responsabilidades. No nosso governo, vai haver uma política nacional de segurança pública. Nós vamos investir no controle das nossas fronteiras, o que o atual governo não fez. Vamos fazer parceria com os estados sem contingenciamento dos recursos de segurança pública que vem acontecendo no Brasil”, disse o candidato.

Durante visita à clínica, que atende 52 dependentes de álcool e drogas ilícitas, Aécio elogiou o projeto do governo paulista e conversou com pacientes. ”Nosso governo vai ter também um projeto claro, de ampliação desses centros de reabilitação que já fazíamos em Minas Gerais, por todo Brasil,” disse o tucano. Depois, Aécio Neves e Geraldo Alckmin, acompanhados do prefeito da cidade João Cury (PSDB), percorreram o centro comercial da cidade.

Aécio Neves rebateu as críticas da presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, sobre os discursos pessimistas em relação à economia do país. “É bom que fique claro que o pessimismo não é em relação ao Brasil. O Brasil está aí com todas as condições de retomar um ciclo virtuoso, um crescimento sustentável por longo tempo. O pessimismo é em relação ao governo. A este governo que fracassou na condução da economia, na gestão do Estado e fracassou também na melhoria dos nossos indicadores sociais”, argumentou o tucano.

Debates
O primeiro debate presidencial ocorrerá aqui na Band, no dia 21 de agosto, seguindo uma tradição histórica do Grupo Bandeirantes. No dia 14 de agosto, os candidatos ao governo também se encontrarão na Band para o primeiro debate.

Quer saber mais sobre os candidatos a presidente?
Clique nos nomes e veja um minicurrículo de cada um dos 11 políticos que disputam o cargo.

aecio neves dilma rousseff eduardo campos eduardo jorge
eymael levy fidelix luciana genro mauro iasi
pastor everaldo rui pimenta ze maria band eleicoes
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo