Para incentivar a aviação regional, governo pagará metade do bilhete

O Governo Federal quer bancar metade dos custos das passagens aéreas de aeroportos pequenos. O objetivo é incentivar a aviação regional e o subsídio chega a R$ 1 bilhão.

O plano do governo é reduzir as tarifas para voos regionais e pretende atender quase todos os moradores do interior do país que estejam até 100 quilômetros de distância de um aeroporto. Viajar de avião, fora do circuito das capitais, custa em média 31% mais caro, por quilômetro, do que ir de São Paulo para o Rio de Janeiro, por exemplo.

O programa de desenvolvimento da aviação regional dará isenção de tarifas aeroportuárias para voos que pousam e decolam de aeroportos pequenos, com até um milhão de passageiros por ano.

Com mais voos e passagens mais baratas, o governo quer popularizar as linhas regionais. Isso ajudaria a criar mais rotas, melhorar o serviço e a estimular a economia no interior do país. Mas não estabeleceu punição, caso as companhias não baixem seus preços.

Loading...
Revisa el siguiente artículo