Campos diz que atual padrão político do Brasil faliu

Por Carolina Santos
Eduardo Campos durante sabatina da CNI | Reprodução/CNI Eduardo Campos durante sabatina da CNI | Reprodução/CNI

O candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos, afirmou nesta quarta-feira, em sabatina promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), que o atual modelo de política realizado pela presidente Dilma Rousseff não tem mais sustentabilidade.

Campos afirmou que sua candidatura apresenta um novo padrão que tentará mudar os rumos da atual gestão da petista. “O Brasil não aguenta mais quatro anos acompanhado do [José] Sarney, do Renan [Calheiros], do [Fernando] Collor”, disse.

“Se o governo continuar, não vamos fazer nada de renovador, não vamos crescer. Vamos descontruir o que fizemos com muito esforço nos últimos 30 anos”, afirmou Campos. “Respeito Dilma, o Aécio [Neves], conheço a trajetória deles, mas as circunstâncias que cercam eles são conservadoras”.

O candidato do PSB disse ainda que a política petista está falida. “Essa velha política já faliu. Não podemos mais falir o sonho dos brasileiros. Essa atual política não conseguirá dar competitividade à indústria brasileira”.

Brasil não precisa de 39 ministérios

Eduardo Campos prometeu que irá cortar gastos na máquina do governo se for vencedor nas eleições de outubro. Em sabatina promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o ex-governador de Pernambuco disse que cortará ministérios.

“Quero reafirmar que a primeira mudança é política. Só ela vai dar a possibilidade de o Brasil ser governado. Não precisamos de 39 ministérios, ou 22 mil cargos. O Brasil não pode ficar de joelhos à chantagem política. O Brasil pede que os bons se unam para construir a nação”.

Campos também fez críticas à atual gestão de Dilma Rousseff e disse que o modelo político está esgotado. “A sociedade não quer mais ser governada por algo que vem de cima para baixo. A sociedade está indignada e quer um governo que tenha ouvidos, que tenha atenção”.


Debates
O primeiro debate presidencial ocorrerá aqui na Band, no dia 21 de agosto, seguindo uma tradição histórica do Grupo Bandeirantes. No dia 14 de agosto, os candidatos ao governo também se encontrarão na Band para o primeiro debate.

Quer saber mais sobre os candidatos a presidente?
Clique nos nomes e veja um minicurrículo de cada um dos 11 políticos que disputam o cargo.

aecio neves dilma rousseff eduardo campos eduardo jorge
eymael levy fidelix luciana genro mauro iasi
pastor everaldo rui pimenta ze maria band eleicoes
Loading...
Revisa el siguiente artículo