Brasil ultrapassa Estados Unidos e lidera ranking de plásticas

Por lyafichmann

O Brasil ultrapassou os EUA e agora ocupa o primeiro lugar no ranking de cirurgias plásticas para fins estéticos no mundo.

Segundo levantamento da Isaps (Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética), entidade que reúne 2,7 mil médicos em 95 países, foram 1,49 milhão de procedimentos no país em 2013, ante 1,45 milhão nos EUA. Em terceiro lugar aparece o México, com 486 mil cirurgias. De acordo com o estudo, o Brasil responde por 13% das operações feitas no mundo.

Considerando as aplicações de Botox e outros procedimentos não-cirúrgicos, os EUA ainda lideram o ranking mundial de ações estéticas, com 3,9 milhões de intervenções, ante 2,1 milhões no Brasil.

Os EUA ainda lideram na cirurgia de aumento de seios, a mais popular no mundo. O país realizou 313 mil cirurgias desse tipo, ante 226 mil no Brasil. Na cirurgia de nariz, o Brasil é o primeiro, com 77,2 mil casos em 2013. O México vem em segundo lugar, seguido pelos EUA, México e Irã. O Brasil também lidera nas cirurgias de abdômen – 129 mil intervenções, 15% do total realizado no mundo. Em segundo lugar vem os EUA, com 119 mil. As mulheres são as que mais recorrem às operações – 9,9 milhões. Mas mais de 1,6 milhão de homens também passaram por cirurgias em 2013.  O cirurgião plástico André Mattos diz que há certo exagero no país. “As pessoas estão viciadas em mudar, querendo mudanças exageradas. Já tive paciente com mama pequena achando grande, e querendo diminuir.”

plásticas

Loading...
Revisa el siguiente artículo