Dilma se reúne com cúpula do PMDB para tentar conter crise

Por Tercio Braga

A presidente Dilma Rousseff voltou a se reunir com a cúpula do PMDB para tratar da relação do governo e do PT com o partido. A agenda nesta segunda-feira começou às 9h40, com uma reunião entre Dilma e o presidente do Senado, Renan Calheiros. Eles teriam discutido a formação de alianças regionais para eleições de outubro. A reforma ministerial também pode ter sido um dos temas.

Leia também
• PMDB pode perder comando do Senado Federal

O encontro contou também com a presença do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, o vice-presidente Michel Temer, Aloizio Mercadante e Eduardo Braga.

Mais tarde, às 10h40, Dilma recebeu o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e o presidente nacional peemedebista, Valdir Raupp.

Ontem, Dilma e Michel Temer já tinham se encontrado no Palácio da Alvorada e tiveram uma conversa, que durou quase quatro horas. A reunião, porém, não foi suficiente para por fim aos atritos entre os dois partidos.

Os políticos do PMDB reclamam da falta de apoio do PT em palanques estaduais nas eleições deste ano. Outra razão de descontentamento é a reforma ministerial: o PMDB acha que tem pouca representação no governo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo